Os governos e a bolsa de valores: uma combinação nem sempre afinada

27/09/2013

Sem categoria / 30 de setembro de 2013
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


O jornal Valor Econômico publicou em sua edição de 23 de setembro interessante matéria a respeito da evolução do Ibovespa em 5 governos.

O resumo é o seguinte, computando-se  o retorno diário anualizado.

 

É difícil indicar conclusões desses números, pois, com uma equipe que privilegiava a economia de mercado, Fernando Henrique Cardoso teve desempenho muito discreto.Estatisticamente, também se verifica que a volatilidade vem diminuindo ao longo dos diferentes períodos (passou de 70,60%, com Collor, para 26,80%, com Dilma), o que poderia indicar maior maturidade de mercado.

No entanto, o governo Lula, de esquerda, foi o que teve o melhor desempenho —  abaixo apenas de Itamar, quando tivemos o Plano Real. Nos oito anos corridos de Lula, o Ibovespa teve o melhor desempenho de todos os presidentes: uma valorização de 1.203%

Aliás, lembro-me muito bem: na campanha eleitoral que precedeu a eleição de 2002, Lula foi o único presidente a visitar a Bolsa.

Estão lembrados do bordão “Ninguém segura esse país”? Recordo que foi um desastre para a bolsa boa parte dos governos militares: do novo encilhamento, a partir de 1971, até 1975/1976, com a criação da Lei da S.As. e da CVM.

Portanto, nem sempre o comportamento da Bolsa está alinhado com as políticas presidenciais e, às vezes, existe uma defasagem entre o desempenho da economia e os índices de mercado.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Ibovespa CAPITAL ABERTO mercado de capitais Fernando Henrique Cardoso Dilma Rousseff volatilidade Lula Collor governos militares Itamar Franco Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Semana de grandes emoções
Próxima matéria
Bovespa Mais



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Semana de grandes emoções
Todos aqueles que atuam no mercado viveram grandes emoções no decorrer desta semana: 1. a absurda decisão da Receita...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}