Magliano e a popularização da Bolsa

9/6/2014

Sem categoria / 9 de junho de 2014
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Há fatos e pessoas que marcam a nossa vida e a de um grupo social. Raymundo Magliano Filho é uma dessas pessoas. Conheci-o em 1989, quando a turma do Codimec visitou a Corretora Magliano e ele já fez algo inusitado. Foi um almoço em que Magliano, ao dar as boas-vindas, citou o filósofo italiano Antonio Gramsci. Prontamente informaram que eu era sociólogo e conhecia Gramsci. Gentilmente, ele pediu que eu me sentasse ao seu lado para conversarmos sobre o filósofo durante o almoço. Naquele almoço, percebi que Magliano era uma pessoa muito diferente, pois um dono de corretora que lia Gramsci não poderia ser normal.

Passados anos, voltamos a nos encontrar devido à atividade que cada um desenvolvia e Magliano novamente surpreendeu a todos. Gostaria de lembrar o trabalho espetacular que ele fez para a Bolsa de Valores. Com seu entusiasmo único e sua capacidade de agregar pessoas, carismático e um verdadeiro pensador, conseguiu aumentar o conhecimento da população sobre a instituição por meio do programa BM&FBovespa Vai até Você. A cobertura da mídia foi relevante, pois era inusitado ver o presidente da Bolsa discursando de madrugada na porta de uma fábrica ou de bermuda na praia. Magliano foi um espetacular presidente, que marcou época, deixando um legado para o mercado de capitais e para todos nós.

Ele nos lembra que ideias movem montanhas, que a iniciativa e a ação em prol de algo maior geram surpreendentes resultados, que agregar pessoas é fundamental para o alcance de objetivos, que olhar e ouvir o diferente nos fazem crescer, que podemos e devemos agir com base em nossos sonhos.

Magliano novamente agiu: no último dia 5 de junho lançou um livro. A força das ideias para um capitalismo sustentável aborda a história desse extraordinário homem e amigo durante sua passagem pela presidência da Bolsa de Valores. O mercado de capitais deve muito a Magliano!


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  bmfbovespa CAPITAL ABERTO mercado de capitais Raymundo Magliano Filho A força das ideias para um capitalismo sustentável Antonio Gramsci BM&FBovespa Vai até Você Codimec Corretora Magliano Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Audiências públicas da CVM: é hora de se manifestar
Próxima matéria
Fatos e controvérsias sobre a arbitragem no mercado de capitais




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Audiências públicas da CVM: é hora de se manifestar
Está chegando ao fim o prazo para o mercado se manifestar em algumas das mais importantes audiências públicas deste ano.A...