Presidente da Oi, Marco Schroeder pede demissão

Confira os destaques da semana de 20/11 a 24/11

Semana / 28 de novembro de 2017
Por 


No último dia 24 de novembro, o presidente da Oi, Marco Schroeder, pediu demissão. Em comunicado, a companhia informou que Eurico de Jesus Neto acumulará interinamente os cargos de diretor jurídico e de CEO da Oi, enquanto o board não deliberar sobre quem será o próximo presidente. Essa é a segunda troca de presidente na Oi em um ano e meio. Em 10 de junho de 2016, Bayard Gontijo deixou o cargo dias após a companhia apresentar pedido de recuperação judicial.

 

20/11

– Vale, BHP Billiton e Samarco conseguem prorrogar até 20 de abril de 2018 o prazo para fechamento de acordo para reparação dos danos envolvendo o desastre de Mariana, ocorrido em 2015.

21/11

– Brasil Pharma convoca assembleia para 7 de dezembro, a fim de deliberar sobre a saída da companhia do Novo Mercado.

– Oi consegue prazo extra de seis meses para arquivamento do formulário 20-F referente ao período fiscal encerrado em 2016.

– Cosan informa o início de uma oferta, nos Estados Unidos, para a recompra de até 200 milhões de dólares em ações ordinárias.

– Minerva comunica que, por causa do embargo russo à carne bovina brasileira, a empresa redirecionará as importações do produto para Paraguai, Uruguai e Argentina. A Rússia correspondeu a 6,6% das importações da Minerva nos 12 meses encerrados em setembro deste ano.

22/11

– Eletropaulo anuncia que deixará de negociar ações preferenciais a partir de 27 de novembro, em virtude do processo de migração da companhia para o Novo Mercado iniciado em fevereiro deste ano.

– Petrobras arquiva na CVM documentação referente à realização de oferta secundária de ações da BR Distribuidora. No mesmo dia, a petroleira informou sobre a extensão, por 90 dias, do prazo do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para a análise da venda da subsidiária Liquigás para o Grupo Ultra.

23/11

– BRF elege José Aurélio Drummond Jr. para o cargo de CEO global, em substituição a Pedro de Andrade Faria.

24/11

– Conselho de administração da Renova aprova proposta da Brookfield para aporte primário de capital no valor de 1,4 bilhão de reais na companhia.

 

 



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Judicialização da arbitragem
Próxima matéria
Injustiça para todos




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Judicialização da arbitragem
A escolha do instituto da arbitragem como meio de solução de controvérsias expandiu-se nos últimos anos e, atualmente...