A JSL avalia abrir o capital de mais uma de suas subsidiárias

Confira os destaques da semana de 18/9 a 22/9

Semana / 24 de setembro de 2017
Por 


A JSL avalia abrir o capital de mais uma de suas subsidiárias. Segundo comunicado enviado ao mercado no dia 21, seu negócio de locação e comercialização de caminhões e máquinas é o próximo da fila. Em fevereiro, a JSL concluiu o IPO da Movida, subsidiária especializada na locação de veículos leves. A oferta movimentou 645 milhões (cada ação estreou negociada a 7,50 reais, abaixo da faixa indicativa, que variava entre 8,90 reais e 11,30 reais).

18/9

– Petrobras anuncia duas ofertas de títulos no mercado internacional destinadas a investidores institucionais qualificados. As emissões, limitadas a 1 bilhão de dólares cada, terão vencimento em 2025 e 2028.

19/9

– Questionada pela CVM, JBS informa não ter recebido informações que apontem mudanças nas tratativas conduzidas junto ao Departamento de Justiça dos EUA. A manifestação foi feita após reportagem da Folha de S. Paulo apontar que o caso poderia sofrer uma reviravolta por causa da denúncia de que o ex-procurador Marcello Miller teria começado a advogar para os irmãos Batista antes de deixar oficialmente o Ministério Público Federal.

20/9

– Braskem nega informação divulgada pelo jornal Valor Econômico e afirma que não há nenhum estudo aprofundado acerca de uma reestruturação societária que culmine na conversão de todas as suas ações preferenciais em ordinárias e na venda da fatia que a Petrobrás detém da companhia na Nyse.

– Itaúsa e Cambuhy Investimentos concluem a compra de 54,2% do capital social da Alpargatas por 3,5 bilhões de reais. Em fato relevante, a Alpargatas informou que os novos controladores devem registrar na CVM, em até 30 dias, um pedido de OPA obrigatória para a aquisição das ações ordinárias dos demais acionistas.

21/9

– Conselho de administração do Atacadão aprova emissão de notas promissórias no valor de 2 bilhões de reais. Os papéis serão distribuídos com esforços restritos de venda, e, os recursos captados, utilizados para reforço de capital da companhia.

– Petrobras inicia mediação judicial com a fornecedora de sondas Sete Brasil, a fim de chegar a um acordo sobre a manutenção dos contratos entre as duas companhias.

– Eldorado adere ao acordo de leniência celebrado entre o Ministério Público Federal e a J&F Investimentos. O pacto prevê, entre outros itens, o pagamento de multa de 10,3 bilhões pela holding pertencente aos irmãos Wesley e Joesley Batista ao longo de 25 anos.

22/9

– Noël Prioux é o novo presidente e membro do conselho de administração do Grupo Carrefour Brasil. O executivo francês substitui Charles André Pierre Desmartis, que comandava o grupo desde 2013.

– Rumo anuncia oferta primária de ações de 220 milhões de reais. A emissão, aprovada pelo conselho de administração da companhia, seguirá os trâmites da Instrução 476 (com esforços restritos de venda) e será liderada pelo Bradesco BBI.

– Gol informa não haver motivos para a forte movimentação de suas ações no pregão do dia 21. No comunicado, a companhia afirma ter ouvido rumores em torno da Delta Air Lines — cujo presidente teria manifestado intenção de ampliar a participação na brasileira, onde já detém 9,48% do capital —, mas disse que não os comentaria.

 

 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Ataque gratuito?
Próxima matéria
Novo capítulo




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Ataque gratuito?
Na semana passada, os economistas Luiz Carlos Mendonça de Barros e Monica de Bolle se desentenderam no Facebook. Em seu perfil...