WFE indica estratégias para ampliação de liquidez em mercados emergentes

A Federação Mundial de Bolsas de Valores (WFE, na sigla em inglês) acredita que diversificar a base de investidores, aumentar a quantidade de valores mobiliários disponíveis e investimentos na infraestrutura de negociação são as peças-chave para elevar a liquidez de mercados emergentes. A conclusão …

Seletas/Bolsas e conjuntura/Reportagens/Edição 55 / 4 de novembro de 2016
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

A Federação Mundial de Bolsas de Valores (WFE, na sigla em inglês) acredita que diversificar a base de investidores, aumentar a quantidade de valores mobiliários disponíveis e investimentos na infraestrutura de negociação são as peças-chave para elevar a liquidez de mercados emergentes. A conclusão faz parte do relatório “Enhancing Liquidity in Emerging Market Exchanges”, feito em parceria com a consultoria Oliver Wyman.

De acordo com a WFE, para diversificar a base de investidores, as bolsas de países emergentes devem investir na capacitação dos investidores pessoa física, incentivar a participação de institucionais locais e atrair estrangeiros. Aumentar a quantidade de ativos disponíveis para negociação também é fundamental. Nessa seara, a recomendação é a otimização das exigências para aumento do número de companhias listadas, lançamento de fundos de investimentos, desenvolvimento de derivativos de balcão, além da criação de mercados regionais interligados e com padrões regulatórios harmônicos. A WFE sugere, ainda, que as bolsas aperfeiçoem suas tecnologias de negociação eletrônica e adotem medidas que aumentem a confiança do investidor.

Para a elaboração do relatório, foram analisados mercados emergentes em diferentes estágios de desenvolvimento e estudos de casos — entre eles, o Novo Mercado da BM&FBovespa.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  liquidez infraestrutura investidores mercados emergentes WFE Federação Mundial de Bolsas de Valores Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Minoritários acusam Prumo de fazê-los pagar pela própria OPA de fechamento de capital
Próxima matéria
Auditorias anticorrupção ganham força em processos de fusão e aquisição



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Minoritários acusam Prumo de fazê-los pagar pela própria OPA de fechamento de capital
A Prumo Logística está mais uma vez em maus lençóis diante de seus acionistas minoritários. Eles acusam o grupo...