Pesquisar
Close this search box.
Mesmo após tombo, hedge funds querem as criptos cada vez mais
Estudo mostra que um terço de gestores esperam alfa maior que o das ações e da renda fixa
criptoativos, Mesmo após tombo, hedge funds querem as criptos cada vez mais, Capital Aberto
Gestores consideram que, nos próximos três anos, os ativos digitais oferecerão uma oportunidade de geração de alfa maior que as ações e a renda fixa | Imagem: Freepik

Os gestores de hedge funds estão cada vez mais interessados nos ativos digitais, mesmo depois de testemunharem o tombo no valor das criptomoedas no segundo trimestre deste ano. De acordo com relatório da provedora de dados SigTech divulgado pela Institutional Investor, 32% dos gestores de hedge funds consideram que, nos próximos três anos, os ativos digitais oferecerão uma oportunidade de geração de alfa (retorno acima do esperado) maior que as ações e a renda fixa. O estudo também identificou que 23% deles planejam elevar drasticamente suas alocações em ativos digitais, enquanto 60% planejam aumentar ligeiramente. 


A Capital Aberto tem um curso sobre finanças descentralizadas. Saiba mais! 


Para elaborar o estudo, a SigTech ouviu 100 gestores de hedge funds, com 194 bilhões de dólares sob gestão, entre abril e junho de 2022. Esse foi o pior trimestre para o bitcoin em mais de uma década. A criptomoeda despencou 58%, o pior resultado trimestral desde que caiu 68% no terceiro trimestre de 2011. O Ethereum também se desvalorizou mais de 69% entre abril e junho deste ano. 

Uma das razões por trás do entusiasmo dos gestores de hedge funds em relação aos ativos digitais é que há muito mais ineficiências de preços a serem exploradas nesse universo do que no mercado acionário, por exemplo. Além disso, o fato de os hedge funds terem mais liberdade para aportarem recursos em diversas classes de ativos em comparação aos fundos tradicionais deixa os gestores desses veículos mais tranquilos para fazerem apostas arriscadas, mas que tenham potencial de gerar altos retornos.  

De acordo com relatório elaborado em junho pela PwC e pela Alternative Investment Management Association, o número de hedge funds que investem exclusivamente em criptomoedas aumentou cerca de 50% nos últimos três anos. O documento mostra, ainda, que esses fundos tendem a ter desempenho semelhante ao do bitcoin, mas com menos risco de queda. 

Matérias relacionadas 

Criptoativos tornam-se vantagem para investidores institucionais 

NFTs: bolha ou oportunidade? 

Promotores de Manhattan anunciam primeiro caso de insider trading com NFT 


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.