Iosco apresenta recomendações para assets driblarem o greenwashing

Entidade que congrega reguladores se alinha aos esforços de outras organizações para estabelecimento de diretrizes ESG



Iosco apresenta recomendações para assets driblarem o greenwashing
A Iosco apresenta recomendações divididas em cinco tópicos: práticas de gestão de recursos, políticas, procedimentos e disclosure; disclosure relacionado a produtos de investimento; supervisão e enforcement; terminologia; e educação financeira | Imagem: freepik

Que a agenda ESG tem conquistado a cada dia mais adeptos entre gestores de recursos e investidores mundo afora é inegável, e há quem diga que só não avança a um ritmo ainda mais acelerado por causa da falta de métricas unificadas para a análise e comparação das práticas ESG dos emissores de valores mobiliários. Diversas organizações se debruçam sobre a tarefa de estabelecer essa régua, mas, enquanto ela não sai, resta a elaboração de recomendações gerais para boas decisões de investimento por parte das assets e para proteção dos investidores em relação ao risco de greenwashing.  

Vai nessa linha documento lançado no início deste mês pela International Organization of Securities Commissions (Iosco), organização que congrega reguladores dos mercados de capitais de 130 jurisdições. Na visão da entidade, divulgar em detalhes ao mercado as expectativas dos reguladores é fundamental para aplacar as preocupações dos gestores de recursos com o risco de escolherem ativos que são menos ESG do que aparentam (uma outra maneira de se definir greenwashing). No relatório, a Iosco apresenta recomendações divididas em cinco tópicos: práticas de gestão de recursos, políticas, procedimentos e disclosure; disclosure relacionado a produtos de investimento; supervisão e enforcement; terminologia; e educação financeira.  

“Os gestores de recursos desempenham um papel essencial ao ajudarem os investidores a atingir seus objetivos no mercado. Nesse sentido, uma diretriz dos reguladores mostrando os caminhos para esses profissionais avaliarem os riscos e oportunidades relacionados à agenda de sustentabilidade, além de integrarem esses pontos ao processo de tomada de decisão, vai ajudar os investidores a entenderem o impacto de seus respectivos investimentos”, afirma o presidente do conselho da Iosco, Ashley Alder, também CEO do regulador do mercado de Hong Kong. 

O relatório da Iosco, resultado da compilação e da análise das contribuições recebidas em uma consulta pública feita em junho de 2021, envolve as áreas que o órgão considerou mais relevantes para a prevenção de greenwashing. Por exemplo: os requerimentos referentes ao disclosure de riscos materiais podem ajudar a contornar o problema, reforçando o entendimento dos investidores em relação à possibilidade de essas ameaças afetarem os retornos. Nesse sentido, diretrizes para escolha dos nomes dos produtos financeiros “sustentáveis” também ajudam a garantir que eles de fato tenham foco em ativos comprometidos com os aspectos ESG. 

Como um fórum global de discussões sobre regulação dos mercados de capitais globais, a Iosco oferece orientações que alcançam 95% dos reguladores. Seu board tem representantes de 34 jurisdições, entre eles a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).  

Leia também

Os três “Rs” da economia circular

A vez dos blue bonds

Faltam métricas para family offices aderirem de fato ao ESG


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  sustentabilidade Iosco assets greenwashing Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Prontos para lidar com o investidor de varejo?
Próxima matéria
ISS revela boicote de companhias brasileiras aos conselhos fiscais



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Prontos para lidar com o investidor de varejo?
Prontos para lidar com o investidor de varejo? Patrocínio cdp Encontro Prontos para lidar com o investidor...