Bradesco anuncia bonificação de ações de R$ 8 bilhões

No último dia 5 de fevereiro, o Bradesco esclareceu ao mercado a decisão de cancelar o aumento de capital de R$ 3 bilhões anunciado dois dias antes. A operação havia sido lançada em dezembro e previa a emissão de 164,7 milhões de novas ações (nos valores de R$ 19,20 por ON e de R$ 17,21



Ilustração: Grau 180.com.

Ilustração: Grau 180.com.

No último dia 5 de fevereiro, o Bradesco esclareceu ao mercado a decisão de cancelar o aumento de capital de R$ 3 bilhões anunciado dois dias antes. A operação havia sido lançada em dezembro e previa a emissão de 164,7 milhões de novas ações (nos valores de R$ 19,20 por ON e de R$ 17,21 por PN). Com a queda das cotações na bolsa, o banco desistiu da transação. Se prosseguisse, os subscritores — incluindo controladores — corriam o risco de pagar pelos papéis mais do que o valor de mercado.

A demanda pelas novas ações ficou abaixo do esperado. De acordo com o Bradesco, faltando três dias para o término do direito de preferência, “percentual relevante” das ações lançadas para os acionistas minoritários não haviam sido subscritas. Apesar disso, segundo reportagem do jornal Valor Econômico, investidores teriam apostado na concretização do negócio: ficaram vendidos nas ações e comprados nos recibos de subscrição, de olho nos ganhos que a diferença lhes geraria. Os “vendidos”, segundo o jornal, protestaram contra o recuo do banco.

Em esclarecimento, o Bradesco afirma que preservou o interesse dos acionistas, que poderiam ser prejudicados pela diluição, pela não subscrição do aumento de capital ou mesmo pela possibilidade de serem obrigados a subscrever por valor superior à cotação na bolsa.

O banco, no entanto, não desistiu da emissão de novas ações. No mesmo dia do cancelamento da operação de R$ 3 bilhões, anunciou outra, de R$ 8 bilhões. Desta vez, deixou para trás a subscrição privada e anunciou que usará as reservas de lucros para fazer uma bonificação de ações. Serão emitidos 504,8 milhões de novos papéis, distribuídos gratuitamente na proporção de uma nova ação para cada dez ações detidas.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  mercado de capitais Aluguel de ações radesco Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
eSocial: desafios e dificuldades
Próxima matéria
O desafio das empresas na promoção da diversidade



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
eSocial: desafios e dificuldades
Ciente dos desafios que a implementação do eSocial representa, a PwC Brasil tem acompanhado de perto a mudança e orientado...