Quórum mínimo de investidores será condição para saída de níveis diferenciados

Seletas / Companhias abertas / Reportagem / Edição 71 / 24 de março de 2017
Por 
Ilustração: Rodrigo Auada Entre os dias 1o e 23 de junho, as 131 companhias listadas no Novo Mercado e as 19 que integram o Nível 2 votarão a reforma do regulamento dos segmentos especiais de listagem da BM&FBovespa. Uma das principais novidades é a exigência de um quórum mínimo de...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  Governança bmfbovespa OPA companhias abertas investimento Nível 2 segmentos especiais níveis especiais Bovespa reforma da Bolsa

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
CVM lança programa para oferta de dívida com registro automático
Próxima matéria
Investidores pressionam por redução do uso de antibióticos em animais de corte




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
CVM lança programa para oferta de dívida com registro automático
As ofertas públicas de debêntures ainda não saíram do papel neste ano. Atualmente, três operações do gênero — de Autoban,...