CVM frustra plano da Nippon e de minoritários em assembleia da Usiminas

Companhias abertas / Reportagem / Edição 76 / 28 de abril de 2017
Por 
A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) dispensou a Usiminas de realizar uma nova eleição de conselheiros e frustrou os planos de boa parte dos acionistas da siderúrgica. A Nippon esperava tirar a presidência do board das mãos da Ternium  — desde 2014, as duas principais integrantes do...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  CSN CVM Usiminas eleição de conselheiros Nippon Ternium Romel de Souza Sérgio Leite briga societária presidência Usiminas

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Luiz Barsi responde
Próxima matéria
Alpargatas prepara migração para o Novo Mercado, com diluição de investidores




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Luiz Barsi responde
A consultoria de investimentos Suno Research faz firme aposta nas redes sociais para vender seu peixe: relatórios e análises...