Quem quer ser um milionário?

A história recente do investimento-anjo na Índia contada por “insider” desse ecossistema

Negócios e Inovação/Captação de recursos/Prateleira / 20 de março de 2020
Por 


Resenha do livro "Angel Investing: Insider Secrets to Wealth Creation"

Imagem: divulgação

É pouco provável que o leitor tenha ouvido falar de Sachin Bansal, Navin Tiwari ou Bhavish Agarwal. Esses são apenas alguns fundadores de startups indianos que atingiram status de celebridade quando seus negócios se tornaram unicórnios (no caso, FlipkartInMobi e Ola, respectivamente). Menos provável ainda é que tenha alguma referência sobre Ashish Gupta, Sasha Mirchandani ou Anupam Mittal, investidoresanjo que apoiaram essas empresas nascentes com capital e conselhos. Essas são apenas algumas das histórias contadas pelo consultor e empreendedor Sanjay Kulkarni em Angel InvestingInsider Secrets to Wealth Creation. 

Nação de população gigantesca e reconhecida pelo alto nível da educação em ciências exatas, a Índia sempre formou muitos programadores e naturalmente tornou-se um “hub” de desenvolvimento de tecnologia. Esse ambiente possibilitou o desenvolvimento do restante do ecossistema empreendedor, no qual o investimentoanjo acaba tendo um papel fundamental para a taxa de sobrevivência e sucesso dessas empresas nascentes. Com base em sua experiência pessoal e em extensa pesquisa nesse segmento, o autor nos conduz por várias histórias exitosas — e outras de retumbante fracasso — para descrever e ilustrar a atividade dos “anjos” indianos. Tudo isso envelopado em linguagem coloquial e bem humorada. 

Com uma escolha perspicaz de narrativa, o livro evita a armadilha do modelo consagrado de “manual para investimentoanjo”. Em vez disso, instiga reflexão sem ser prescritivo em seus conceitos. Após um rápido sumário sobre o que os “anjos” fazem, o autor elenca alguns conceitos fundamentais dessa atividade de investimento, com destaque para a avaliação dos 3 Ps: Promotor (ou empreendedor), Produto (e sua proposta de valor para cliente) e Potencial (tamanho do mercado e potencial de crescimento). Associada a esse último conceito, ele introduz a ideia de que a conquista do status de unicórnio depende fundamentalmente da capacidade da empresa crescer de forma exponencial. “Se você não está crescendo rápido, está morrendo devagar”, reza o mantra. Além desses, o autor aborda uma série de outros conceitos importantes e úteis após a realização do investimento, como acompanhamento das investidas, levantamento de capital e a “graduação” de startup para “empresa de verdade”. 

Assim como o filme laureado com o Oscar que empresta seu nome a este texto nos despertou para a capacidade criativa de Bollywood, é interessante buscar fontes de inspiração para além do consagrado Vale do Silício. A Índia guarda muitos desafios semelhantes aos que experimentamos no Brasil, em campos tão diversos quanto educação, saúde, alimentação, transporte e moradia. 

Diante da dificuldade que as sociedades enfrentam para cobrar soluções de seus governantes, a existência de um mecanismo para direcionar recursos humanos e financeiros é fundamental para fomentar inovações disruptivas. O investimento-anjo proporciona uma combinação poderosa de capital e mentoria que potencializa a capacidade de execução dessas startups, aumentando sua probabilidade de sobrevivência e criação de riqueza para todos os envolvidos. Mas, assim como no filme, o caminho até o sonhado milhão de dólares depende de sorte e competência. o necessariamente nessa ordem. 


Angel Investing: Insider Secrets to Wealth Creation 

Sanjay Kulkarni 

HarperBusiness 

249 páginas 

1a edição ― 2019 


*Peter Jancso é sócio da Jardim Botânico Investimentos e conselheiro independente 


Leia também

Diferenças entre criptomoedas, criptoativos e tokens

A epopeia do Uber

Unicórnios em baixa após desastrosos IPOs



Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  investimento anjo tecnologia Startups inovação Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Recompra de ações volta à pauta com crise da covid-19
Próxima matéria
O que impede o investimento de impacto de decolar



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Recompra de ações volta à pauta com crise da covid-19
A violenta queda na cotação das ações na B3 nos últimos dias, em decorrência dos nefastos efeitos da covid-19 e...