Queda precificada

Quem esperava empolgação de traders e gestores de recursos após a aprovação da abertura do processo de impeachment contra Dilma Rousseff na Câmara dos deputados se decepcionou. O dólar não desabou e a bolsa caiu. Na rede social Seeking Alpha, uma postagem abordou a calmaria do mercado após a …

Seletas/N@ Web/Edição 27 / 20 de abril de 2016
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Quem esperava empolgação de traders e gestores de recursos após a aprovação da abertura do processo de impeachment contra Dilma Rousseff na Câmara dos deputados se decepcionou. O dólar não desabou e a bolsa caiu. Na rede social Seeking Alpha, uma postagem abordou a calmaria do mercado após a votação. A explicação, segundo alguns leitores, é que a queda da presidente já estava precificada. Outro se perguntou: “E agora”? A resposta veio rápido. “Agora o mercado vai precificar o fato de que o Brasil está em recessão, tem um Estado que não consegue se financiar com o atual preço das commodities e um ambiente político e de negócios corrupto.” No Twitter, a visão sarcástica também predominou. O fato de Eduardo Cunha, investigado no conselho de ética, ter conduzido o processo de instauração do impeachment de Dilma não passou em branco. “É um caso clássico do sujo falando do mal lavado”, escreveu Kay Ellen Consolver, que já atuou como conselheira independente de várias empresas do setor de óleo e gás.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  impeachment n@a web reação do mercado ao impeachment Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Portfólio Refinado
Próxima matéria
Pontos da Lei Anticorrupção têm rigidez excessiva e desproporcional



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Portfólio Refinado
Sopas de letrinhas e nomes esquisitos já não afastam as pessoas físicas do mercado de capitais brasileiro. E é com apetite...