Proximidade de Carl Icahn com Trump vira assunto na rede

Seletas / N@ Web / Edição 72 / 1 de abril de 2017
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão
Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Quem conhece o bilionário megainvestidor Carl Icahn sabe que ele adora causar uma polêmica, expressando suas opiniões de forma incisiva e direta. Mas agora é ele próprio o alvo da controvérsia. Icahn é um assessor “não oficial” de Donald Trump, e a pertinência de sua proximidade com o presidente vem sendo questionada. “Qual a diferença entre um lobista e o Icahn atuando como conselheiro de Trump, influenciando a legislação em prol de seus investimentos?”, indagou um usuário do Twitter.

E o burburinho envolvendo o nome do megainvestidor não fica por aí. Conhecido apostador de Las Vegas, William T. Walters está sendo processado por negociar ações da empresa Dean Foods com informações privilegiadas. Os procuradores querem incluir no processo a acusação de que Walters também lucrou operando papéis da companhia de produtos de limpeza Clorox, com base em informações fornecidas por seu amigo Icahn. O bilionário ainda não foi acusado de nada, mas, nas redes sociais, os pedidos para que ele seja investigado ganham corpo — a pressão parte, inclusive, da senadora democrata Elizabeth Warren.



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  Carl Icahn n@ web Donald Trump

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Diretores estão na mira de acionistas americanos
Próxima matéria
Amarras do voto




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Diretores estão na mira de acionistas americanos
Desde 2015, a briga de acionistas de companhias americanas para indicar conselheiros vem se intensificando. Neste ano não...