O melhor “investimento” de Warren Buffett

Seletas / N@ Web / Edição 66 / 19 de fevereiro de 2017
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Para Bill Gates, fundador da Microsoft, o melhor “investimento” do bilionário Warren Buffett não foi na Coca-Cola ou na Apple, mas sim na fundação Bill & Melinda Gates. Buffett doou para a instituição, em 2006, 10 milhões de ações classe B da sua empresa Berkshire Hathaway. Nessa semana, Gates publicou em seu perfil do LinkedIn uma carta aberta na qual agradece a doação e fala sobre o impacto social dos recursos recebidos: redução da mortalidade infantil em países pobres, diminuição do contágio por HIV e empoderamento feminino.

“Esta carta está sendo publicada em meio a transições políticas dramáticas, incluindo as novas lideranças dos Estados Unidos e do Reino Unido. Esperamos que essa história lembre a todos por que a ajuda a outros países deve permanecer como prioridade. É melhorando a vida dos mais pobres que expressamos os valores mais altos de nossas nações,” escreveu Gates. A carta recebeu cerca de 1,1 mil comentários e 21 mil likes em dois dias.


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Warren Buffett investimento n@ web Bill Gates doação Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Os prazeres e as dores da tecnologia
Próxima matéria
Reforma da Lei de Recuperação e Falências




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Os prazeres e as dores da tecnologia
O avanço é inevitável, e o mundo digital consolida, a cada dia, novos modelos de relacionamento interpessoal e empresarial....