Mal colocado

O economista e consultor Ricardo Amorim usou sua conta no LinkedIn para comentar o relatório Doing Business 2016, elaborado pelo Banco Mundial. Na classificação geral, o Brasil amargou a 116ª posição. “Segundo o Banco Mundial, é mais fácil fazer um contrato ser cumprido no Uzbequistão, na …

Seletas/Edição 8/Bolsas e conjuntura/N@ Web / 20 de novembro de 2015
Por 


Ilustração: Grau 180.com.

Ilustração: Grau 180.com.

O economista e consultor Ricardo Amorim usou sua conta no LinkedIn para comentar o relatório Doing Business 2016, elaborado pelo Banco Mundial. Na classificação geral, o Brasil amargou a 116ª posição. “Segundo o Banco Mundial, é mais fácil fazer um contrato ser cumprido no Uzbequistão, na Bielorrússia ou na Armênia do que no Brasil”, escreveu Amorim. Não à toa, o Brasil aparece em 45º lugar no quesito execução de contratos, que mede tempo e custo para resolução de disputas comerciais por meio de um tribunal de primeira instância local. A postagem teve cerca de 260 curtidas e 17 comentários. O economista também criticou a posição do Brasil no critério “proteção a acionistas minoritários” — estamos em 29º, atrás da Nigéria e do Paquistão. Nos itens facilidade de abertura de um negócio e pagamento de impostos, vamos pior ainda: o País figura, respectivamente, em 174º e 178º lugares.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Ricardo Amorim Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Tempo de evoluir
Próxima matéria
A ‘melhor pior’ solução



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Tempo de evoluir
A crise econômica que assola o País traz à tona a necessidade de reforma da Lei 11.101/05, que estabelece as regras para...