Sinal amarelo

Preço elevado de ativos mobiliários é o principal risco para o mercado europeu no segundo semestre

Bolsas e conjuntura / Internacional / 17 de setembro de 2017
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

A European Securities and Markets Authority (Esma), reguladora do mercado de capitais europeu, está apreensiva. Em relatório publicado no início da semana passada sobre tendências, riscos e vulnerabilidades, afirmou que o preço elevado de valores mobiliários, como ações, bonds e ativos securitizados, é o principal risco para o mercado de capitais local durante o segundo semestre de 2017.

De acordo com a Esma, o preço desses ativos se mantém elevado, apesar das diversas incertezas que rondam o cenário geopolítico — a principal delas diz respeito à saída do Reino Unido da União Europeia. Também há dúvidas sobre a resiliência do crescimento econômico de vários países europeus e sobre a sustentabilidade dos níveis de endividamento de governos e empresas privadas locais.

A Esma também alertou, em seu relatório, para os riscos de mercado e crédito, que continuam muito altos. Além disso, se mostrou preocupada com o risco de ataques de hackers e com outras questões relativas à segurança tecnológica.

 



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Europa risco de crédito mercado de capitais Esma risco de mercado Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Bitcoins no precipício?
Próxima matéria
Abertura de capital envolve desafios e oportunidades




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Bitcoins no precipício?
Os últimos dias foram cheios de emoção para quem entrou na onda das bitcoins. A moeda digital, cujo preço alcançou...