SEC vai discutir regra de disclosure de bancos

A Securities and Exchange Commission (SEC), reguladora do mercado de capitais americano, abriu uma audiência pública para discutir a chamada “Guide 3”. Publicada em 1976 e revisada em 1986, a norma trata de divulgações de informações estatísticas que devem ser feitas por bancos ou empresas que …

Internacional / 10 de março de 2017
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

A Securities and Exchange Commission (SEC), reguladora do mercado de capitais americano, abriu uma audiência pública para discutir a chamada “Guide 3”. Publicada em 1976 e revisada em 1986, a norma trata de divulgações de informações estatísticas que devem ser feitas por bancos ou empresas que controlam bancos — essas instituições são chamadas em inglês de bank holding companies (BHC). A regra determina, por exemplo, que elas divulguem dados sobre suas operações no exterior, portfólios de investimentos e empréstimos.

De acordo com o regulador, a mera publicação dessas informações pode não ser mais suficiente para os investidores tomarem decisões fundamentadas de voto e investimentos e compararem companhias do setor, tendo em vista as transformações pelas quais o segmento bancário passou desde a última revisão. Diante disso, o objetivo da reforma é o aprimoramento das regras de disclosure, o que pode gerar inclusão de novas exigências de divulgação e eliminação de algumas que hoje se sobrepõem às de outros reguladores, como o Financial Accounting Standards Board (FASB).

A SEC quer também repensar o escopo e a aplicabilidade da norma, decidindo se companhias além das BHCs devem segui-la. Outras questões, como políticas de distribuição de dividendos, estrutura de capital e procedimentos em caso de falência, também serão discutidas. Agentes do mercado podem participar da consulta pública em até 60 dias, contados a partir do dia 1º de março.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  audiência pública SEC mercado de capitais Bancos Disclosure mercado americano reforma disclosure de bancos Guide 3 Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Sucessão na geração millennial
Próxima matéria
Mercados Derivativos – Conceitos e Procedimentos Operacionais



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Sucessão na geração millennial