Puxão na própria orelha

FCA identifica menor diversidade de gênero e etnia nos seus quadros de liderança

Bolsas e conjuntura / Internacional / 4 de novembro de 2017
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

A Financial Conduct Authority (FCA), reguladora do mercado de capitais do Reino Unido, publicou recentemente um relatório sobre a diversidade de gênero e etnia nas suas posições de liderança, e se viu obrigada a puxar a própria orelha. Apesar de todo o discurso que adota em prol da diversidade, a quantidade de mulheres, negros, asiáticos e outras minorias que trabalham em cargos gerenciais na FCA diminuiu no último ano.

De acordo com o relatório, em 31 de março do ano passado, 39% das posições de gerência na FCA eram ocupadas por mulheres, percentual que caiu para 36% no fim de março de 2017. A meta é que esse número alcance 45% em 2020 e 50% em 2025. Já em relação à participação de minorias étnicas nos quadros de liderança, a intenção é que atinja 8% em 2020 e 13% em 2025. No ano passado, esse percentual foi de 3% e, neste, de 2%. O estudo também revelou que, na média, as mulheres que atuam na FCA ganham 19,28% menos que os homens. O regulador ponderou que mulheres e homens que ocupam o mesmo cargo recebem o mesmo salário, e atribuiu a diferença ao fato de haver relativamente menos mulheres em cargos gerenciais e mais em cargos administrativos.

Christopher Woolard, presidente do comitê da FCA para diversidade, afirmou que a instituição está desapontada com os números revelados pelo estudo e que tomará atitudes para reverter a situação em 2018. O regulador prometeu ainda organizar treinamentos para reforçar, entre seus funcionários, a importância da diversidade e afirmou que seus líderes têm como meta promover a diversidade e a inclusão.

 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  mercado de capitais Reino Unido diversidade FCA Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Sem espaço para acomodação
Próxima matéria
O futuro do futuro




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Sem espaço para acomodação
Mesmo diante de fatores macroeconômicos desafiadores e da burocracia que integra o chamado “custo Brasil”, o segmento...