Endowment para quem?

Quem você acha que mais se beneficiou do dinheiro proveniente do endowment (fundo de doações) de Yale no ano passado: os alunos que contribuem ou os gestores de private equity contratados para investir os recursos do fundo? Victor Fleischer, professor de direito da Universidade de San Diego, …

Internacional / Edição 145 / 1 de setembro de 2015
Por 


Quem você acha que mais se beneficiou do dinheiro proveniente do endowment (fundo de doações) de Yale no ano passado: os alunos que contribuem ou os gestores de private equity contratados para investir os recursos do fundo? Victor Fleischer, professor de direito da Universidade de San Diego, respondeu a essa pergunta em artigo escrito para o jornal The New York Times. De acordo com ele, no ano passado, a Yale pagou cerca de US$ 480 milhões para os gestores de private equity como compensação — aproximadamente US$ 137 milhões em taxas anuais de gestão e mais $ 343 milhões em taxas de performance. Os gestores são responsáveis por administrar US$ 8 bilhões, um terço do endowment de Yale.

Em contraste, do US$ 1 bilhão que o endowment contribuiu para o orçamento operacional da universidade, apenas US$ 170 milhões foram destinados ao auxílio à educação, a bolsas de estudo e a prêmios. Ou seja, os gestores de private equity foram muito mais favorecidos que os alunos da universidade. Essa situação se repete, afirma o professor, em outras quatro instituições de ensino superior americanas: Harvard, Universidade do Texas, Stanford e Princeton. Diante disso, Fleischer sugere que as universidades sejam obrigadas a gastar, anualmente, uma parcela dos recursos dos endowments em prol de iniciativas que beneficiem os estudantes. Sua recomendação é uma fatia de 8%.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Clientes de fundos querem mais informações sobre riscos
Próxima matéria
Press releases são roubados nos EUA



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Clientes de fundos querem mais informações sobre riscos
Os assuntos risco e compliance sempre estiveram na pauta dos gestores de recursos, mas agora ganham proeminência, conforme...