Seletas   |   Editorial   |   Edição 24

Diálogos truncados

A temporada de assembleias ordinárias de 2016 mal começou e já surgem indícios do ativismo ascendente demonstrado por investidores nos últimos anos. É bom as companhias estarem preparadas. Uma das principais gestoras de recursos do mundo surpreendeu os conselheiros da Totvs ao pedir espaço para …



A temporada de assembleias ordinárias de 2016 mal começou e já surgem indícios do ativismo ascendente demonstrado por investidores nos últimos anos. É bom as companhias estarem preparadas. Uma das principais gestoras de recursos do mundo surpreendeu os conselheiros da Totvs ao pedir espaço para indicar um candidato ao conselho de administração, como mostra reportagem desta SELETAS. Despreparados para lidar com a situação, os gestores da Totvs não incluíram o pedido no material de assembleia, deixando os investidores furiosos. É só um sinal do que promete vir por aí.

Desentendimentos também roubam a cena em outro fórum da governança corporativa. O grupo responsável pela concepção de um código único para o País informou no começo da semana que o documento poderá sair sem pacificação sobre os princípios a serem nele incluídos — uma observação vai assinalar os itens que não foram consenso. Para um código que ambiciona unificar paradigmas, parece um mau começo.

Em sua coluna nesta edição, o professor Eliseu Martins alude a uma iniciativa do Reino Unido para apaziguar outra dissensão, esta no universo da contabilidade. Por lá, basicamente, se uma regra formal prejudicar o objetivo essencial de bem retratar a situação de uma empresa, ela não é válida. Simples assim — para eles. E sempre tão controverso entre nós.

Em Na web, um alento aos desencantados com a encruzilhada política. O midiático investidor Mark Mobius comentou em seu blog que continua a ter fé no Brasil e no potencial dos motores da ampla população jovem. Ainda bem que ele não disse o contrário: sendo Mobius um incansável otimista, sua descrença seria uma péssima notícia.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  editorial Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Antídotos para as poison pills
Próxima matéria
“Risco de ser roubado”



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Antídotos para as poison pills
Ainda hoje existe polêmica quando se fala em poison pills e em cláusulas pétreas nos estatutos sociais de companhias...