Conflitos e avanços

Editorial | semana de 16/10 a 20/10

Editorial / 24 de outubro de 2017
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Tradicionalmente polêmicas no direito societário, as questões envolvendo conflitos de interesse agora começam a incomodar as recuperações judiciais. O duelo entre a Triunfo Participações e Investimentos (TPI), concessionária do setor de infraestrutura que tenta renegociar suas dívidas, e o BNDES, maior credor e também acionista da companhia, ilustra perfeitamente essa nova situação. Na reportagem “Papel duplo”, publicada nesta semana, a jornalista Yuki Yokoi explora os meandros dessa queda de braço e os detalhes jurídicos que apimentam a briga.

Outro destaque é a entrevista concedida por Catherine Bromilow, sócia da PwC Governance Insights Center e autora do livro Going Public? Five Governance Factors to Focus à CAPITAL ABERTO. Em sua conversa com a repórter Thais Folego, ela destacou algumas das principais tendências para a governança corporativa, como empoderamento dos acionistas, maior diversidade de gênero nos boards e um contato mais direto entre sócios e conselheiros de administração.

As controversas “initial coin offers” (ICOs, na sigla em inglês) são tema para a coluna de Frederico Rizzo, fundador da plataforma de equity crowdfunding Broota. Em seu texto, ele explica o funcionamento dessas ofertas e responde à pergunta: será que já é possível fazer um ICO no Brasil?

Também na linha das novidades da revolução digital, o artigo desta semana trata do futuro da atividade de avaliação de ativos. A função é antiga, mas tecnologias como as de big data, deep learning e inteligência artificial prometem transformá-la. De acordo com o autor do texto, Luiz Paulo Silveira, vice-presidente técnico da Apsis, essas ferramentas permitirão que o avaliador perca menos tempo no trabalho mecânico de coleta de informações e se dedique mais à interpretação e ao exercício do julgamento.

 

 

 

 




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Contagem regressiva para o CPC 48
Próxima matéria
Câmara dos Deputados aprova projeto de lei no lugar da MP 784



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Contagem regressiva para o CPC 48
Faltando pouco tempo para o início da aplicação das alterações introduzidas pelo pronunciamento CPC 48 – Instrumentos...