Reformar é preciso

Não seria hora de o setor privado fazer uma faxina nos próprios negócios? 



Não seria hora de o setor privado fazer uma faxina nos próprios negócios?

A prestação de (bons) serviços, públicos ou privados, contribui para a disciplina coletiva. O setor privado exige reformas no setor público. Que tal uma faxina nos próprios negócios? | Imagem: Freepik

A educação deficiente costuma ser apontada como causa da (alegada) indisciplina social dos brasileirosagora acentuada pela pandemiaquando muitos não usam máscaras nem observam o distanciamento. Pode ser, mas não foi o que vimos no (imprevidente) apagão de 2001, quando a população atendeu a orientação para economizar energia. Parafraseando Machado, mudou a gerência ou mudamos nós? 

problema educacional tende a aumentar com a disseminação do ensino a distância, que ganhou um aliado inesperado na chegada do vírus. O EAD funciona no ensino técnico (são antigos os cursos por correspondência) ou com adultos. No entanto, para as crianças, a socialização começava na família e seguia na escola, formando um tripé com as ruas como espaços de lazer, há muito inviabilizados pelo trânsito e pela insegurança. 

O tripé se desfez, mas a educação não carrega fardo sozinha. Tempos atrás, uma editora anunciou coleção de filmes clássicos e um delesespecialmenteme interessava. A encomenda chegou desfalcada exatamente daquele filme. Reclamei, ouvi desculpas e a promessa de que enviariam um brinde surpresa, a título de compensação. Dias depois, recebi dois filmes pornô. 

As atendentes virtuais, sempre muito faceiras, não adoecem, não recebem salários e também não entendem o que falamos. As atendentes humanas e os vendedores de lojas físicas dependem das confirmações do sistema, ao qual se referem como “ele”. Já desisti de falar ou larguei mercadoria para trás, porque “ele” é vagaroso como um jabuti. 

Alimentos e remédios têm prazo de validade, mas os eletrodomésticos automóveis não têm prazo de duração. Acho que deviam ter, para estimular a concorrência. 

O telefone toca sem pudor, em sucessão insistente, usando truques primários para vender algo. A oferta é agressivaNo início, essa violação da privacidade não fazia sentido, infernizando a vida dos consumidores. Não demorei para saber que o Brasil é recordista mundial nessa modalidade. 

Nos transportes públicos, as pessoas se deslocam em condições piores do que as cargas bem acondicionadas. Paga-se caro pela energia elétrica, pela internetpela telefonia, nos pedágios, estacionamentos dos shoppings e nos serviços de concessionárias, mas o PIB (prépandemia) não saiu do lugar. 

prestação de (bons) serviços, públicos ou privados, contribupara a disciplina coletiva. O setor privado exige reformas no setor público. Que tal uma faxina nos próprios negócios? 

Segundo Shoshana Zuboff, da Universidade Harvard, o modelo neoliberal de Friedman e Hayek corrói o tecido social afasta o capitalismo da sociedade. Segundo John Elkington, criador do conceito ESG, Friedman foi mal interpretado1. Nas duas hipóteseso resultado é o mesmo: muito fermento e pouco trigo. 

população alemã é disciplinada, mas, no pós-guerra, o país foi dividido, como se sabe, em zonas (americana, inglesa, francesa e russa). Na verdade, aconteceram duas divisões: a do país (RFA e RDA) e a de Berlim (o Muro). Na escassez generalizada, enfrentando invernos rigorosos sem eletricidade nem carvão, os alemães trocavam insultos e empurrões nas filas, falsificavam documentos, burlavam as leis e aplicavam golpes. 

É contraditório esperar comportamentos adequados de pessoas tratadas com descaso ou como meras unidades geradoras de receitas. O modelo é mal-educadoReformar é preciso. 


Carlos Augusto Junqueira de Siqueira é advogado 

 

Leia também

Novos jeitos de ensinar formam ativos para edtechs

Os vários estilos de um gestor de recursos

O PIB ainda serve para medir a riqueza de um país?


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  educação Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Os vários estilos de um gestor de recursos
Próxima matéria
Novos jeitos de ensinar impulsionam edtechs 



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Os vários estilos de um gestor de recursos
Quando era criança, me fizeram a inevitável pergunta: o que você quer ser quando crescer? A resposta imediata foi parecida...