Padrão internacional de excelência para auditoria

Mudanças na atividade refletem novas necessidades do ambiente de negócios

Contabilidade e Auditoria/Artigo / 1 de novembro de 2019
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Viviene Bauer | Ilustração: Julia Padula

International Auditing and Assurance Standards Board (Iaasb), órgão responsável pela emissão das normas internacionais de auditoria, vem trabalhando na revisão de diversas regulações. Uma delas é a ISA 540 – auditoria de estimativas contábeis, inclusive do valor justo, e divulgações relacionadas, cuja versão atualizada estará vigente a partir de exercícios iniciados em 15 de dezembro de 2019.

No Brasil, a NBC TA 540, norma equivalente, está em processo de audiência pública no Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e deverá ser aplicada com a mesma data de vigência. Nesse contexto — e diante do prazo apertado —, é importante que se entenda a motivação para essas revisões.

É incontestável que as atividades de auditoria têm experimentado um processo que envolve aumentos nos riscos, diretamente relacionado a ambientes de negócios a cada dia mais desafiadores. Os atuais frameworks contábeis requerem estimativas mais complexas e com alto grau de incerteza, como são os casos do IFRS 9 (CPC 48) e do IFRS 16 (CPC 06) — que, muitas vezes, são materiais para as demonstrações contábeis de certas entidades.

Vale também destacar que é crescente a preocupação dos órgãos reguladores com a qualidade dos trabalhos de auditoria, em decorrência de deficiências identificadas nas inspeções. Esse cenário exige dos auditores uma ação imediata, além de uma postura mais cética e independente.

Os aprimoramentos da ISA 540 foram feitos em conjunto com outros grupos de trabalho do Iaasb, que estão paralelamente tratando da revisão da ISA 315 – identificação e avaliação dos riscos de distorção relevante por meio do entendimento da entidade e do seu ambiente, norma que é o “coração” da auditoria. Por isso, foram introduzidos novos conceitos, como fatores de risco inerente, spectrum de níveis de riscos inerentes e uma avaliação separada entre riscos inerentes e de controle.

A ISA 540 inclui também requerimentos baseados no esforço de trabalho. Primeiramente, deve-se avaliar se é possível obter evidência de auditoria por meio de eventos subsequentes. Se a resposta for positiva, esse será o procedimento de auditoria para a validação da estimativa; se não, parte-se para o segundo passo, que seria testar como a administração da entidade fez a estimativa. Caso não seja possível ou suficiente, a última opção seria o auditor desenvolver uma estimativa pontual ou um intervalo para comparar com o valor registrado. Ainda, os requerimentos de documentação estão mais robustos e o material explicativo tem diversos exemplos de aplicação.

É notório que a atividade de auditoria está mudando, exigindo dos profissionais reforço no exercício de julgamento e no ceticismo. As alterações nas normas são apenas reflexos de como precisamos nos atentar mais a essas duas características tão fundamentais e inerentes à profissão de auditor.


*Viviene Bauer (viviene.bauer@bdo.com.br) é sócia-diretora da BDO e integrante do comitê do Iaasb


Leia também

Os próximos passos dos comitês de auditoria

O papel dos auditores na fiscalização do investimento incentivado em P&D

Nós, contadores, às vezes nos esquecemos de nos entender



Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 36 00

Mensal

Acesso Digital
-
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Completa

R$ 42 00

Mensal

Acesso Digital
Edição Impressa
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Corporativa

R$ 69 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 15% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Clube de conhecimento

R$ 89 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 20% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital | Acervo de Áudios



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Auditoria Contabilidade regulação Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Investidores querem limitar controle dos fundadores em empresas abertas nos EUA
Próxima matéria
Inovações da Lei da Liberdade Econômica



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Investidores querem limitar controle dos fundadores em empresas abertas nos EUA
O Conselho de Investidores Institucionais (CII), associação que reúne gestores que têm sob sua responsabilidade cerca...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}