Você concorda com a atribuição de voto extra para o acionista de longo prazo?



SIM NÃO
A realidade do mercado fortalece a ideia de
dar mais poder ao acionista engajado e participante
Exemplo francês evidencia que regra
facilita expropriação dos minoritários
Por Simon Wong Por Mariana Pargendler

Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Novo Mercado CAPITAL ABERTO mercado de capitais Lei das S.As. longo prazo curto prazo voto extra uma ação um voto direito político underweighting direito francês acionista engajado Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Sim - A realidade do mercado fortalece a ideia de dar mais poder ao acionista engajado e participante
Próxima matéria
Presente de Natal da CVM II



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Sim - A realidade do mercado fortalece a ideia de dar mais poder ao acionista engajado e participante
É bom para as companhias ter proprietários fortes e estáveis, em vez de investidores efêmeros que não se preocupam com as perspectivas...