Sim – O vínculo direto é fundamental para a autonomia e a performance da secretaria

Antítese/Edição 136 / 1 de dezembro de 2014
Por 


A governança corporativa é uma jornada em que não há um ponto de chegada, nem tampouco um modelo único que possa ser adotado por qualquer organização. Devem-se considerar inicialmente fatores internos e externos, como a cultura organizacional e os ambientes legal e regulatório que impactam os negócios, conforme suas características individuais.

Num sistema de administração bipartido (constituído pela diretoria, com incumbências de gestão e de representação, e pelo conselho de administração, com o papel de deliberação), são responsabilidades indelegáveis do conselho o direcionamento estratégico e o monitoramento de sua execução. Nesse contexto, é natural que a secretaria de governança corporativa se reporte ao órgão central do sistema de governança. Esse vínculo direto é fundamental para sua autonomia e performance.

Uma das funções do profissional de governança é atuar como agente facilitador do fluxo de informações entre conselheiros, diretores, comitês, sócios, acionistas e até mesmo membros da família. Os desafios e melhorias serão proporcionais à capacidade da secretaria para transitar entre esses agentes, identificar suas necessidades e assegurar o atendimento a suas demandas.

A diretoria atua na linha de frente, conhece em profundidade os negócios da organização e possui uma estrutura organizacional que lhe dá suporte. Da mesma forma, a construção de um conselho eficaz e eficiente somente será possível se ele — e os conselheiros individualmente — tiver uma equipe que dê assessoramento interno e independente quanto a seus deveres e responsabilidades, e lhe garanta que a organização cumpre com as diretrizes de governança.

Assim como o papel do conselho foi significativamente ampliado nos últimos dez anos e os processos por trás das reuniões se tornaram mais sofisticados, com o aumento das demandas regulatórias e do ativismo dos stakeholders, também o trabalho desempenhado pela secretaria de governança deixou de ser meramente administrativo e adquiriu foco estratégico. Sua subordinação ao diretor-presidente enfatiza as funções de suporte administrativo, ao passo que o vínculo com o conselho sinaliza o desejo de maior independência da gestão. É importante que os critérios de avaliação e a gestão de carreira do profissional sejam definidos pelo board, evitando o chamado “reporte administrativo” ao CEO.

Eventuais situações de conflito entre conselho e diretoria, ou entre os presidentes, podem impactar a atuação da secretaria de governança. Caso haja posições divergentes ou antagônicas, o órgão precisa ter credibilidade perante os dois lados, de forma a facilitar sua interface com os agentes. É imprescindível, portanto, haver um relacionamento contínuo e colaborativo com os principais executivos.

Contudo, o bom funcionamento do conselho de administração, o apoio a suas atividades, a interface com os órgãos técnicos de apoio (e com o conselho fiscal, se instalado), a qualidade da informação prestada aos conselheiros e o mapeamento dos temas relevantes que devem compor sua agenda, entre outros serviços, demandam o planejamento e a execução de ações que devem ser a prioridade de uma secretaria
de governança.


Dê a sua opinião:
[poll id=”18″]


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 36 00

Mensal

Acesso Digital
-
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Completa

R$ 42 00

Mensal

Acesso Digital
Edição Impressa
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Corporativa

R$ 69 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 15% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Clube de conhecimento

R$ 89 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 20% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital | Acervo de Áudios



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Não - O CEO cria condições para o trabalho sinérgico e conjunto do secretário
Próxima matéria
A secretaria de governança deve ser submetida ao conselho de administração?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Não - O CEO cria condições para o trabalho sinérgico e conjunto do secretário
As organizações têm focado a governança corporativa. Começam a se estruturar e a adotar práticas e procedimentos que demandam...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}