Faz sentido complementar o seguro D&O com contratos de indenidade?

Governança Corporativa/Antítese/Edição 127 / 1 de março de 2014
Por  e


SIM NÃO
Para atrair os melhores executivos, a companhia
busca dar a segurança de que serão preservados
O gestor não tem isenção para fiscalizar
seus próprios atos e as medidas de compliance
Por Julian Fonseca Peña Chediak Por Norma Parente

Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CVM Kepler Weber IBGC CAPITAL ABERTO mercado de capitais compliance Susep responsabilidade contrato de indenidade seguro D&O litígio moralidade culpa responsabilidade objetiva proteção Guia de orientação para melhores práticas de comitês de auditoria risco moral Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Sim - Para atrair os melhores executivos, a companhia busca dar a segurança de que serão preservados
Próxima matéria
CVM dá provimento a recurso sobre leilão de ações não subscritas



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Sim - Para atrair os melhores executivos, a companhia busca dar a segurança de que serão preservados
Vivemos momento em nosso país no qual as pessoas são processadas sem grande parcimônia. Agências reguladoras, entidades...