Existe excesso de informação por parte das companhias?

Relações com Investidores/Antítese/Edição 126 / 1 de fevereiro de 2014
Por  e


SIM NÃO
Tanto em frequência como em volume,
há um exagero de informações obrigatórias
No Brasil, o analista precisa garimpar
informações adicionais e tecer hipóteses
Por Lélio Lauretti Por Marcos Eduardo Elias



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  abertura de capital cemig ITR CAPITAL ABERTO mercado de capitais informação Diário Oficial MIT excesso frequência volume visão de longo prazo notas explicativas Grupo Ultra mensagem Claude Shannon scotch 18 anos Intel lixo entropia Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Sim - Tanto em frequência como em volume, há um exagero de informações obrigatórias
Próxima matéria
Carne indigesta (Marfrig)



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Sim - Tanto em frequência como em volume, há um exagero de informações obrigatórias
O assunto comporta dois focos de abordagem: frequência e volume. No tocante à frequência, convém lembrar que, décadas...
estudo_aplicado_02-07

Promoção de aniversário

ASSINE O PLANO COMPLETO POR R$4,99 NOS TRÊS PRIMEIROS MESES!

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}