Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Desilusão
Empreendedores reclamam de instrução da Receita que tributa investimento-anjo
Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Os investidores-anjo brasileiros despencaram das nuvens: uma instrução normativa da Receita Federal, publicada em 21 de julho, determinou que eles vão pagar de 15% a 22,5% de imposto sobre os rendimentos decorrentes de seus aportes de capital (leia também artigo sobre o tema). Ao tornar o investimento-anjo menos atrativo, a tributação também prejudica os donos de startups, que precisam desse dinheiro para fazer seus incipientes negócios ganharem asas. Sandro Magaldi, criador da página MeuSucesso, que reúne dicas para empreendedores, criticou a decisão da Receita em seu perfil no Facebook. “Enquanto os principais clusters de desenvolvimento de startups do mundo oferecem vantagens fiscais para empresas de todo o planeta, inclusive as brasileiras, se instalarem em seus domínios, aqui, para variar, nadamos contra a corrente”, escreveu. “Empreender fora do país para o Brasil compensa. Empreender no Brasil é furada”, comentou um leitor desiludido.

 

 

 


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 9,90/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.