Tempo de se reinventar

Como a transformação digital e novos hábitos de consumo impactam as estratégias das empresas

Informações de Apoio / 14 de junho de 2019
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Patrocínio

 

Programação

As flutuações na economia, a rápida transformação do ambiente digital e a ascensão de novos hábitos de consumo exigem que as companhias reavaliem constantemente seus portfólios de negócios na busca pela criação de valor para os acionistas. Ao mesmo tempo em que essa situação tira o sono de executivos e conselheiros de administração, também os impulsiona a pensar em formas de tornar as empresas em que atuam mais competitivas e eficientes. Nesse cenário, a aposta em aquisições, joint ventures, desenvolvimento de novos produtos e acesso a novos mercados torna-se crucial. Como importantes companhias brasileiras têm reinventado seus negócios? Qual o impacto das demandas das novas gerações nos portfólios de produtos e serviços? Como executivos e conselheiros lidam com a pressão de ter que reformular rapidamente suas estratégias para atender às expectativas de consumidores cada vez mais exigentes? Qual o impacto desse ambiente sobre o planejamento anual das organizações? Essas e outras questões serão debatidas no último encontro da série especial de grupos de discussão “Imperativos de Negócios”, promovida pela Capital Aberto em parceria com a PwC.

 

8h15 às 9h

Café da manhã

 

9h às 11h

Debate

Cecilia Andreucci

Conselheira de administração, certificada pelo IBGC, mercadologista, mestre em consumo e doutora em ciências da comunicação. Especializada em estratégias corporativas e mercadológicas. Como executiva, por mais de três décadas, esteve em empresas nacionais e multinacionais, nos segmentos de consumo, varejo, comunicação e consultoria.

 

Gustavo Mendes

Diretor financeiro do iFood, atuou anteriormente como diretor de planejamento do Walmart eCommerce. Já foi também especialista em FP&A na Tempo Assist e na Philips. É formado em Marketing e Administração pela Florida International University – College of Business.

 

José Luiz Kugler

Professor da FGV-EAESP. Exerceu funções diretivas e consultivas em diversas empresas, no Brasil e exterior. Foi Latin America Director, Informix Corporation (Miami); Na área governamental, atuou em projetos estratégicos para os governos estaduais de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Espírito Santo; foi também consultor do Banco Central. PhD em Business Administration (University of Pittsburgh). Idealizador e coordenador do MBA in Business. Foi Professor na Fordham University, New York; e University of Pittsburgh. É autor de três livros e diversos artigos na área de gestão, além da orientação de dezenas de teses e trabalhos científicos.

 

Leonardo Dell’Oso

Sócio da PwC Brasil, é líder da área de Transaction Services, atuando na gestão de um grupo de 140 profissionais dedicados à assessoria de investidores nacionais e internacionais em seus processos de “due diligence” para fins de aquisição ou venda de empresas no Brasil, bem como na coordenação de projetos dessa natureza.

 


Apresentação 

 

Luiz Aguiar

Sócio da LA Estratégia, tem experiência em gestão de grandes empresas em diversos setores, tais como: CEO na CGG e na Embraer Defesa & Segurança, CFO da Embraer SA e Diretor de Investimentos da PREVI. E como conselheiro e membro de comitê nas seguintes empresas: Paranapanema , Embraer, CPFL, Vale , SBCE e Solvi, fundei a LA estratégia.

 

Natália Estrela

Gerente de Marketing Inovação da BRF, atua na área de Marketing, em Gestão de Produtos e Categorias, Branding e Inovação. Já atuou na gestão de projetos LATAM de inovação, sustentabilidade e desenvolvimento de novos produtos, além de ter experiência na coordenação de estudos de viabilidade financeira, formação de preços, forecast de vendas e análise de produtos, garantindo crescimento de vendas e market share. Tem graduação em Propaganda e Marketing pela ESPM e pós graduação em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral.

 

 

Avaliação do evento

 

Acesse o formulário de avaliação clicando aqui.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Fundos de corporate venture como veículos para inovação aberta
Próxima matéria
Estímulo à infraestrutura



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Fundos de corporate venture como veículos para inovação aberta
Patrocínio   Programação Cada vez mais, as empresas reconhecem que, para sobreviver, precisarão investir...