Estímulo à infraestrutura

Os impactos da instrução da CVM para as ofertas públicas de certificados de recebíveis do agronegócio

Ajuda/Informações de Apoio / 3 de julho de 2019
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


 

04 de Julho

8:30 às 12:00

 

O ano de 2019 trouxe boas notícias para o setor de infraestrutura no Brasil. Além dos leilões e das privatizações já anunciadas pelo governo federal, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) editou, em março, a Instrução 606, que cria os fundos incentivados de investimento em infraestrutura (FI-Infra). De acordo com a regulamentação, esses fundos podem aplicar até 20% do seu patrimônio líquido em um único emissor de ativos incentivados e suas cotas podem ser negociadas em mercado organizado. Outra novidade é a possibilidade de investidores de varejo investirem em FI-Infra de projetos ainda não “performados”. Quais oportunidades a Instrução 606 abre para os gestores de recursos? Fundos de debêntures de infraestrutura tradicionais vão migrar para essa categoria? Do ponto de vista fiscal, a norma gera segurança para investidores e players do mercado? Há aspectos operacionais que precisam ser aperfeiçoados ou esclarecidos? Essas e outras questões serão abordadas neste workshop.

 

Programação

 

8h30 às 10h00

Painel

A regulamentação do FI-Infra e seus impactos

Marina Procknor

Sócia do Mattos Filho Advogados, atua com transações cross-border, incluindo operações de private equity, joint ventures, financiamentos e securitização. Assessora instituições financeiras e investidores na formação e capitalização de veículos de investimento e operações de financiamento, aquisição e alienação, incluindo hedge, private equity, imobiliário, distressed assets, entre outros. Em 2013 foi reconhecida pelo Latin Lawyer como uma das mulheres mais inspiradoras do mercado jurídico na América Latina. Também apoia iniciativas de negócios sociais e investimentos de impacto por meio de seu trabalho pro bono para Muhammad Yunus.

 


Apresentação 

 

 

10h00 às 10h30

Intervalo

9h45 às 11h15

Debate:

Desafios e oportunidades geradas pela Instrução 606

Flávio Barbosa Lugão

Sócio do Mattos Filho Advogados, assessora gestores de recursos, bancos de investimento, fundos de private equity e investidores institucionais na formação, captação e em transações envolvendo fundos de investimento das mais diversas classes e estratégias, incluindo hedge funds e fundos multimercado (FIs em geral), fundos de investimento em participações (FIPs), fundos imobiliários (FII) e exchange-traded funds (ETFs), bem como credenciamento e assessoria regulatória a administradores de carteira, distribuidores e outras entidades da cadeia de gestão de recursos. Licenciado para advogar no estado de Nova Iorque, atuou por dois anos no escritório de Nova Iorque do Skadden, Arps, Slate, Meagher & Flom LLP.

 

Cristiano Cury

Coordenador do Grupo de Trabalho de Financiamento de Longo Prazo da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades do Mercado Financeiro e de Capitais). É sócio do BTG Pactual e Head de Sales Brasil, responsável pelas mesas de flow institucional e corporate, além de ser responsável pela área de distribuição do mercado de capitais de dívida. De 2004 a 2010, trabalhou no BTG Pactual Asset Management, sendo responsável pelas relações com fundos de pensão locais, companhias de seguros e regimes previdenciários estaduais e municipais. Antes disso, atuou por um ano na área de administração de fundos do Banco Pactual. Cristiano é formado pela PUC-Rio em Engenharia Mecânica com MBA em Finanças pelo IBMEC.

 

Raul Donega

Advogado sênior do escritório LRI Advogados; Líder do Grupo de Pesquisas em Finanças e Mercado de Capitais do Projeto Infra2038; Professor Associado do MBA PPP e Concessões; e Coordenador do Curso Desafios e Oportunidades para a Gestão do Setor Elétrico da FESPSP. Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo em 2007; Mestre em Direito Comparado, Economia e Finanças (MsC) pela Università di Torino, Itália; Mestre em Direito (LLM), pela Universidade de British Columbia, Canadá. Possui um Diploma Superior em Economia, com especialização em Finanças, pela University College of Dublin, Irlanda.

 

Ulisses Duarte Nehmi

Diretor de risco e compliance da Sparta Fundos de Investimentos, atuou na gestão de fundos e foi trader de derivativos no Santander. Desde 2007 na Sparta, possui as certificações CEA, CGA, CFP®, FRM® e é CFA Level II candidate. Graduado em Engenharia Eletrônica pelo ITA e mestre em Economia pela FGV.

 

 

Avaliação do evento

Acesse o formulário de avaliação clicando aqui.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Tempo de se reinventar
Próxima matéria
Lawtechs no direito empresarial



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Tempo de se reinventar
Patrocínio   Programação As flutuações na economia, a rápida transformação do ambiente digital e a ascensão...