Agenda transformadora

Os desafios das grandes companhias ao investir em startups

Informações de Apoio / 25 de junho de 2018
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Patrocínio

 

Programação

Em setembro de 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu os chamados Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma agenda global formada de 17 objetivos e 169 metas a serem alcançados até 2030. Nessa agenda, estão previstas ações que visam, por exemplo, a erradicação da pobreza, igualdade de gênero, combate a mudanças climáticas e promoção de um crescimento econômico inclusivo e sustentável. Diante da abrangência dos ODS e de sua relevância para o mundo, todos os setores da sociedade foram convocados a colaborar — o que incluiu o empresariado. Mas quanto essa contribuição tem sido efetiva? Quais desafios as companhias enfrentam na incorporação dos ODS às suas estratégias? Quais oportunidades de negócio foram geradas a partir da implementação desses objetivos? Como as empresas podem mensurar e administrar a sua contribuição para os ODS? Essas e outras questões serão debatidas nesse Grupo de Discussão. Participe!

 

 

8h15 – 9h00

Café da manhã

 

9h00 – 11h00

Debate

 

Emiliano Graziano

Gerente de sustentabilidade da BASF para América do Sul. Ao longo de mais de 15 anos de experiência nos setores público, privado e sociedade civil, vem liderando equipes para planejar, aplicar e melhorar a sustentabilidade nos negócios. Por meio de uma visão de oportunidades de negócios em sustentabilidade, obteve resultados notórios para as organizações grandes e impactantes, como BASF, Banco do Brasil, SEBRAE e divisões da ONU (FAO, UNESCO, PNUD).

 

 

Fernando Malta

Consultor de negócios da Sitawi – Finanças do bem, foi assessor técnico e de relações institucionais do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e consultor de negócios da Report Sustentabilidade, além de ter passado também pela IBM e CNI. Bacharel em Relações Internacionais pela PUC-Rio, pós-graduado em Gestão Ambiental pela UFRJ e mestre em Engenharia Ambiental e Urbana pela PUC-Rio e pela Technische Universtät zu Braunschweig (Alemanha), é também host do SciCast Podcast.

 

 

Júlio Nogueira

Gerente de sustentabilidade e meio ambiente da Klabin, onde ingressou em 1990. Formado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Maringá, possui especialização em Gestão Ambiental pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Processo de Engenharia focado em Melhoria de Resultados pela EFESO Consulting, além MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

 

Pedro Sirgado

Gestor executivo de meio ambiente e sustentabilidade na EDP Brasil, iniciou a sua carreira como adjunto do diretor-geral do ambiente do Governo de Portugal e aderiu ao setor elétrico em 2005, quando ingressou na Companhia Portuguesa de Produção de Eletricidade na área de meio ambiente. Passou depois para a EDP Produção onde desempenhou funções nas áreas de desenvolvimento de negócio e organização e processos. Foi superintendente de meio Ambiente da EDP Energest, gestor-executivo de sustentabilidade da EDP Brasil e diretor-executivo do Instituto EDP. É licenciado em Engenharia do Ambiente pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e possui MBA pela Universidade Católica Portuguesa.

 

 

Sergio Andrade

Diretor executivo da agenda pública, possui 15 anos de experiência na área governamental e no setor privado, em temas como planejamento, governança pública e investimento social privado. Integra a rede global de empreendedores da Schwab Foundation, do Fórum Econômico Mundial. Mestre em Gestão e Políticas Públicas (FGV/EAESP). Cientista Social pela Universidade de São Paulo (USP). Especialista em Negociações Internacionais pela UNICAMP/PUC/UNESP. Recebeu o prêmio de Empreendedor Social do ano de 2015 pela Folha de São Paulo.

 

Sonia Favaretto

Diretora de imprensa, sustentabilidade, comunicação e investimento social da B3 e presidente do conselho deliberativo do ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial. Membro dos conselhos consultivos da GRI Brasil (Global Reporting Initiative), CDP e do Programa Empresas pelo Clima, da FGV. Integra a Rede de mulheres brasileiras líderes pela sustentabilidade. Foi diretora de RH e comunicação interna do BankBoston, superintendente da Fundação BankBoston, superintendente de sustentabilidade e comunicação institucional do Banco Itaú e diretora de responsabilidade social e sustentabilidade da Febraban – Federação Brasileira de Bancos. Jornalista, radialista e pós-graduada em comunicação empresarial.

 

Apresentação

 

 

Participantes

 

Alexandre Albuquerque Almeida – AAA Consultoria

Alexandre Moschella – Ernst & Young

Aline Penna – Arezzo&Co

Ana Lúcia Arduin – Arduin Advogados

Anna Polatschek – Ernst Young

Armando Toledo – Weineer Investments

Barbara Alvim Raymundo – Oria Capital

Carla Duprat – Intercement

Chicko Sousa – Plataforma Verde

Claudia Rockenbach – Fibria Celulose

Fábio Chaves – Strata RP

Fernanda Fernandes – B3

Fernanda Kalena – Agenda Pública

Fernando Luzio – Luzio Strategy Group

Fernando Malta – SITAWI

João Marcelo Sandreschi – Aldeias Infantis SOS Brasil

Juliana Santana – Fundação Bunge

Júlio Nogueira – Klabin

Laercio Bruno Filho – eSENSE

Lelio Lauretti – Lelio Lauretti Consultoria

Luciana Nazar – Fineggi CAPITAL

Luiz Pires – SulAmérica

Marcelo Linguitte – Griscom Gestão de Risco e Compliance

Marcelo Venturi – MVENTURI

Marco Aurélio – Autarquia Federal

Mariana Spaolonzi – Rádio e Televisão Bandeirantes

Marina Bragion – SESI

Natasha Nakagawa – IRB Brasil

Nubia Neves – B3

Otávio Villares de Freitas – OX8 Governança Corporativa

Paulo Carvalhinha – PEUC Consulting e Associates

Paulo Roberto Gozzi – Rethink Corp

Pedro Sirgado – EDP Brasil

Raphaela Martins Droguett – Itaú Unibanco

Rebeca Abreu – B3

Regiane Abreu – Light

Reginaldo Alexandre – Comitê de Pronunciamentos Contábeis CPC (Brazilian Accounting Standards Setter)

Renata Borowski Tedeschi – Itaú Unibanco

Roberto Sousa Gonzalez – Bússola Governança – Treinamento & Consultoria

Sergio Andrade – Agenda Pública

Sonia Favaretto  – B3

Tatiana Mendizabal – Sistema B

Thais de Gobbi – Machado Meyer Advogados

 

Avaliação do evento

 

Acesse o formulário de avaliação clicando aqui.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  sustentabilidade responsabilidade social ODS objetivos do desenvo Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Companhias Plurais
Próxima matéria
Regras do Banco Central para as fintechs de crédito



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Companhias Plurais
Patrocínio   Programação   Quando se fala em diversidade no âmbito da governança, o primeiro...