Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.
Indicador de inflação favorito do Fed chega à máxima em um ano
O núcleo do PCE subiu 0,4% em janeiro e 2,8% em 12 meses
PCE, Indicador de inflação favorito do Fed chega à máxima em um ano, Capital Aberto

O indicador preferido de inflação do Fed aumentou significativamente em janeiro, no ritmo mais rápido em quase um ano, fortalecendo a abordagem cautelosa dos formuladores de políticas monetárias para iniciar a redução das taxas de juros nos Estados Unidos. O núcleo do PCE (Índice de Preços para Gastos de Consumo Pessoal), que exclui os componentes voláteis de alimentos e energia, aumentou 0,4% em relação a dezembro, conforme divulgado nesta quinta-feira (29). Em relação ao mesmo mês de 2023, o indicador avançou 2,8%. Os economistas consideram o núcleo do PCE uma métrica mais precisa da inflação subjacente do que o índice geral de preços.

 Já o PCE, que inclui componentes voláteis, subiu 0,3% em relação ao mês anterior e 2,4% em 12 meses. A renda disponível real, principal suporte dos gastos, permaneceu praticamente inalterada.

 Oficiais do Fed repetidamente afirmaram que ainda não alcançaram um nível de confiança de que a inflação está desacelerando de forma sustentável, e o relatório de quinta-feira provavelmente reforça essa visão no curto prazo. Os formuladores de políticas insistem que é muito cedo para começar a reduzir as taxas de juros, e eles continuarão monitorando os dados de amanhã para orientar a política.

Os dados do Core PCE, em uma base anualizada de seis meses, registraram 2,5% em janeiro, retornando a patamar acima da meta de 2% do Fed, após ficarem brevemente abaixo nos dois meses anteriores.

Este é o último relatório do PCE que os oficiais do Fed terão acesso antes da reunião de 20 a 21 de março. O presidente Jerome Powell e seus colegas descartaram um corte na taxa de juros neste encontro, e os investidores agora estão inclinados a considerar junho como o momento mais provável para o início das reduções.


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.