Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.
Ibovespa cai com Petrobras e Wall Street sobe com inflação nos EUA abaixo do esperado
Troca no comando da estatal azeda o humor por aqui, enquanto o CPI de abril abre portas para uma possível redução de juros pelo Fed antes do esperado
Petrobras, Ibovespa cai com Petrobras e Wall Street sobe com inflação nos EUA abaixo do esperado, Capital Aberto

O mercado acionário brasileiro e o americano se descolam nesta quarta-feira (15), repercutindo a troca no comando da Petrobras, que acabou azedando o humor de analistas e investidores, enquanto a inflação americana (CPI, na sigla em inglês) abaixo da estimativa em abril abre portas para uma possível redução de juros pelo Federal Reserve (Fed) antes do esperado.

Por volta de 10h50, o Ibovespa, principal índice da B3, operava em baixa de 0,94%, aos 127.310 pontos. Em Wall Street, o Dow Jones subia 0,35%, a 39.698 pontos, o S&P operava em alta de 0,36%, a 5.265 pontos, e o Nadasq tinha elevação de 0,30%, a 16.561 pontos.

As ações da Petrobras, por sua vez, desabam nesta quarta e puxam a Bolsa brasileira para o negativo. No horário acima, o papel preferencial operava em baixa de 7,05%, a R$ 37,97, enquanto a ação ordinária caia 8,36%, a R$ 39,36.

Nos EUA, a inflação registrou alta de 0,3% em abril, abaixo da expectativa do mercado, que esperava uma alta de 0,4%. Na base anual, o CPI subiu 3,4%, abaixo dos 3,5% vistos em março. O núcleo da inflação, que exclui alimentos e energia, que são itens mais voláteis, subiu 0,3% no mês passado, abaixo da projeção de 0,4%.

Para o analista de investimentos e co-fundador da Escola de Investimentos, Rodrigo Cohen, os dados mostram que a inflação, mesmo estando longe da meta de 2%, está conseguindo ser controlada. “Eu acredito que o Fed tem tudo, na minha opinião, para olhar agora com um pouco mais de calma para esses dados com o objetivo de diminuir os juros. Também tivemos PPI (preços ao produtor) abaixo do esperado. São indicadores relevantes para o Fed tomar uma decisão talvez mais dovish (menos duro) em relação aos juros”.

Leia também:

Powell reitera a probabilidade de manter os juros altos por mais tempo


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.