Ventos favoráveis

Como 2018 vai influenciar a captação de recursos com títulos imobiliários

Grupos de Discussão/Securitização e Negócios Imobiliários/Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Patrocínio

 

A queda da taxa de juros e a recuperação gradual da economia brasileira trazem boas perspectivas para os instrumentos de captação de recursos ligados ao mercado imobiliário. Os certificados de recebíveis imobiliários (CRIs), em particular, já começam o ano com seu potencial turbinado — a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) permitiu às securitizadoras o uso de empréstimos bancários garantidos por imóveis como lastros para esses títulos, algo até então proibido. O horizonte também é promissor para a indústria de fundos imobiliários (FIIs), favorecida pela redução da taxa de juros e pelo aquecimento do mercado imobiliário. Outro instrumento que pode alçar voo este ano é a letra imobiliária garantida (LIG), cuja primeira emissão deve ocorrer em breve. Quais títulos imobiliários atrairão maior atenção do investidor em 2018? Quanto as emissões de CRIs serão estimuladas pela nova possibilidade de lastro? Quais desafios devem ser superados para que as emissões de LIG saiam do papel? CRIs e LIGs irão concorrer por recursos? Que ativos estão na mira dos FIIs? Essas e outras questões foram debatidas nesse Grupo de Discussão.

Ficou curioso? Ouça a íntegra do evento no Clube de Conhecimento!

Assista ao vídeo com os melhores momentos do encontro.

Clique aqui e leia a reportagem Ventos favoráveis, produzida a partir do Grupo de Discussão.

 

Quer receber em primeira mão as reportagens e os encontros da Capital Aberto? Envie a mensagem “subscrevo” para nosso Whatsapp: 11 98350 3891

 




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Captação de Recursos CRI FII mercado imobiliário LIG NFA NFA Advogados Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Negócios da China
Próxima matéria
Compliance colaborativo



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Negócios da China
Patrocínio Maiores parceiros comerciais do Brasil desde 2009, os chineses vêm movimentando as negociações de M&A....