Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Sucessão familiar
Como identificar e reunir as características que formam o perfil do sucessor vencedor

Patrocínio - PwC

As estatísticas mostram que a cada 100 empresas familiares brasileiras, cerca de 30 sobrevivem à transição da primeira para a segunda geração e apenas 15 chegam à terceira. Para discutir formas de promover um processo sucessório exitoso, a capital aberto reuniu, em 25 de fevereiro, empresários e investidores na quinta edição do Grupo de Discussão Governança Corporativa. Entre as conclusões do debate está a ideia de que, às vezes, é melhor entregar a gestão a alguém com sobrenome diferente em vez de insistir na solução caseira e condenar um império ao naufrágio. Mas antes de se chegar a esse ponto, são numerosos e bem diversificados os esforços que podem ser empreendidos para a família continuar na liderança dos negócios.

Clique aqui e confira a reportagem Empresas familiares apontam caminhos para engajar herdeiros, cujo conteúdo foi gerado no Grupo de Discussão.

Ficou curioso? Confira a íntegra do Grupo de Discussão no Clube de Conhecimento!

, Sucessão familiar, Capital Aberto


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 9,90/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.