Tributação de dividendos no Brasil: problema ou solução?

Em tempos de eleição presidencial, a proposta de se taxar o lucro distribuído a acionistas ganha força. Seria essa a solução para um país em crise fiscal?

Grupos de Discussão/Tributação/Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Patrocínio
      PWC

Em suas campanhas à presidência, os pré-candidatos Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Henrique Meirelles (MDB) têm se mostrado favoráveis à tributação de dividendos. Também tramitam no Congresso projetos de lei a respeito. O objetivo é elevar a arrecadação do Estado com base no argumento de que entre os 37 países da OCDE apenas a Estônia não tributa os dividendos. Do outro lado, segundo o modelo tributário instituído a partir de 1996, o País optou por concentrar a tributação da renda de empreendimentos exclusivamente sobre a pessoa jurídica, submetendo-a a uma elevada carga tributária nominal de 34%, a qual já abrangeria a carga tributária sobre os lucros gerados, disponíveis para distribuição. A tributação de dividendos é recomendável para o Brasil, enquanto um país receptor de capitais/investimentos? O que propõem os projetos de lei que prevêem a tributação? Qual seria o modelo ideal de se promover essa arrecadação? Essas e outras questões foram discutidas neste Grupo de Discussão.

Ficou curioso? Ouça a íntegra do evento no Clube de Conhecimento!

Confira a reportagem  Faz sentido tributar os dividendos?, gerada a partir do Grupo de Discussão.

Faça download do PDF com os melhores momentos do Grupo de Discussão.

Assista ao vídeo com os destaques do encontro.

 

Quer receber em primeira mão as reportagens e os encontros da Capital Aberto? Envie a mensagem “subscrevo” para nosso Whatsapp: 11 97718 4461


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  tributação tributação de dividendos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
ICO e bitcoins: regular ou não?
Próxima matéria
Governança além do marketing



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
ICO e bitcoins: regular ou não?
Patrocínio   No mundo inteiro, as criptomoedas e os ICOs (sigla, em inglês, para initial coin offerings) impõem...