Olhos no board

Como estruturar um processo eficiente de avaliação do conselho de administração

Workshop/Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


A reforma do Novo Mercado promovida pela BM&FBovespa tornou obrigatória a avaliação de conselho de administração, comitês e diretoria. De acordo com o texto aprovado, as companhias do segmento devem divulgar o processo de avaliação em seu formulário de referência, especificando as seguintes informações: abrangência da avaliação (individual, por órgão ou ambas); os procedimentos adotados — e se eles contam com a participação de outras áreas da empresa ou de consultoria externa; e a metodologia da avaliação. A prática, há tempos presente nos códigos de boas práticas de governança, ainda é pouco adotada pelas empresas. Dados do Anuário de Governança Corporativa da CAPITAL ABERTO 2016-2017 mostram que cerca de 30% das companhias mais líquidas da bolsa avaliam periódica e formalmente o desempenho de seu conselho de administração. Quais as razões da ainda baixa adesão? Quem deve ser o responsável nas companhias por conduzir as avaliações? Quais as recomendações dos especialistas para as empresas que começam a estruturar esse processo? Como deve ser feito o reporte dos resultados? Essas e outras questões foram abordadas neste workshop.

Ficou curioso? Ouça a íntegra do encontro no Clube de Conhecimento!

 

Painel 1

Por que avaliar o conselho de administração e os comitês: a experiência internacional

Sandra Guerra, sócia diretora da Better Governance

 

Painel 2

Como estruturar um processo de avaliação do board

Jorge Maluf, sócio da Korn Ferry

Painel 3

Casos práticos: A experiência de empresas na avaliação de seus boards

Thomas Brull, membro de conselhos de administração e professor de governança corporativa.

 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  conselho de administração Novo Mercado Workshop reforma avaliação Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
ÍNTEGRA – Congresso de Auditoria, Gestão de Riscos e Compliance 2017, promovido pelo Instituto ARC
Próxima matéria
Garantia reforçada



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
ÍNTEGRA – Congresso de Auditoria, Gestão de Riscos e Compliance 2017, promovido pelo Instituto ARC
  Nos dias 14 e 15 de setembro de 2017, acontece a 2ª edição do ÍNTEGRA – Congresso de Auditoria, Gestão...