Conselhos de anjo

Por meio do perfil que mantém no Facebook, o investidor-anjo Marco Poli vem disseminando seu conhecimento sobre o universo das startups. Divulgou, por exemplo, os comentários que enviou para a audiência pública sobre equity crowdfunding recentemente promovida pela Comissão de Valores Mobiliários …



Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Por meio do perfil que mantém no Facebook, o investidor-anjo Marco Poli vem disseminando seu conhecimento sobre o universo das startups. Divulgou, por exemplo, os comentários que enviou para a audiência pública sobre equity crowdfunding recentemente promovida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Ele fez 19 críticas ao projeto de regulação — atacou, por exemplo, a exigência para que o “investidor-líder” de um projeto tenha investido em pelo menos sete empresas por, no mínimo, sete anos. Poli também tem chamado a atenção para os riscos de se investir em startups. No início do mês, comentou o escândalo da Theranos, empresa de tecnologia médica que captou cerca de US$ 400 milhões com investidores de peso, como o Walmart. Em 2015, descobriu-se que a tecnologia revolucionária propalada pela empresa não era todo o prometido. Por isso, para evitar enrascadas, Poli aconselha que fundos e companhias que não estão acostumados a investir em startups busquem assessoria de quem sabe navegar no setor.

 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  investimento anjo crowdfunding Startups n@ web Marco Poli Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Mercado discute abrangência da Lei das Estatais
Próxima matéria
Deu o maior sururu



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Mercado discute abrangência da Lei das Estatais
Em vigor desde 1o de julho, a Lei 13.303, apelidada de Lei das Estatais, continua envolta em polêmicas. As primeiras...