Por 


Para começar, você precisa saber quem são os principais agentes envolvidos na administração de um fundo e qual é o papel de cada um nesse processo. Vamos a eles:

Administrador: é o responsável pelo funcionamento do fundo. Pode ser uma asset management ligada a um conglomerado financeiro, uma asset management independente ou uma corretora. É uma instituição financeira autorizada que responde perante os órgãos reguladores e normativos. O administrador controla os prestadores de serviço e tem o papel de defender os interesses dos cotistas.

Gestor: é quem vai cuidar do dia a dia do fundo. É a pessoa responsável por determinar a compra e venda dos ativos conforme as regras e política de investimento estabelecida no regulamento do fundo. Em geral, uma empresa tem vários gestores, responsáveis por um fundo específico ou um grupo deles. Para exercer essa atividade, o profissional deve ter a autorização da CVM.

Custodiante: é quem “guarda” os ativos financeiros do fundo. É a instituição que executa as ordens de compra e venda dos ativos do fundo determinadas pelo gestor. É importante saber quem é o custodiante do seu fundo para não incorrer em risco fiduciário. Prefira a segurança dos grandes bancos.

Distribuidor: é quem vende as cotas do fundo. A distribuição pode ser feita tanto pelo próprio administrador como por terceiros contratados por ele.

Cotistas: são todos aqueles que aplicam no fundo, independentemente do volume investido. Os direitos são iguais para todos os cotistas que participam de um mesmo fundo.
Auditor: é o representante de uma instituição independente responsável por acompanhar periodicamente se o fundo está cumprindo o que consta no seu regulamento.

O Gestor

Nos últimos anos, a figura do gestor de fundos ganhou papel de destaque na mídia e no mercado financeiro. Com o amadurecimento e crescimento da indústria de fundos no País, a atuação desses profissionais se tornou fundamental para garantir o sucesso dos investimentos. No Brasil, muitos deles conseguiram se destacar pela qualidade técnica, comparável à de grandes nomes internacionais, em função de sua habilidade em realizar ganhos para seus clientes mesmo diante de cenários de turbulência.

Entretanto, pelo fato de vivermos um período de tentativa de recuperação de uma grande crise financeira mundial, em que muita gente perdeu dinheiro por decisões erradas, é fundamental conhecer a performance do gestor (ou da equipe de gestores) que vai tomar as decisões de investimento por você. Apesar de valer a máxima de que “bons resultados do passado não garantem o mesmo desempenho no futuro”, o histórico não deixa de ser um indicativo importante.

Procure saber há quanto tempo o gestor atua naquela instituição, sua formação e qual é seu histórico profissional. E, caso ele se ausente por alguma razão, vale saber quem é o seu substituto. Existem também fundos com gestão compartilhada, ou seja, mais de um gestor para um mesmo produto. É bom saber como eles funcionam.

Você pode obter essas informações no banco ou na instituição que lhe vendeu o produto. Acompanhar jornais e revistas também pode ajudá-lo a formar opinião sobre os gestores reconhecidos pelo mercado e suas performances à frente de grandes fortunas.

A Anbid lançou, em 2009, a Certificação de Gestores Anbid (CGA), que, assim como as CPA-10 e CPA-20, procura garantir que os profissionais que desempenham gestão remunerada de recursos de outras pessoas tenham conhecimentos mínimos comprovados. No primeiro exame, 35 profissionais realizaram a prova, mas apenas 12 conseguiram a certificação. Assim, fique atento à qualificação do gestor de seu fundo de investimentos!


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Investimentos Fundos de Investimentos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Hora de fazer escolhas
Próxima matéria
A era da diversificação




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Hora de fazer escolhas
Para encontrar o seu fundo de investimento, o primeiro passo é conhecer o que existe dentro dele. Considerando a política...