Localiza adere a práticas menos usuais e se destaca na pontuação

Especial/Relações com Investidores/As Melhores Companhias para os Acionistas 2008/Reportagens/Edições/Temas / 1 de setembro de 2008
Por 


Como única companhia listada na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) no pouco conhecido segmento de aluguel de carros, a Localiza sempre investiu em formas de amenizar a falta de referências do investidor em relação a sua área de atuação. Por isso, expor-se aos investidores, da forma mais transparente possível, tornou-se praticamente uma obrigação para a companhia desde seu IPO. “A partir daí, a evolução na governança em geral se dá naturalmente”. É assim que Silvio Guerra, diretor de Relações com Investidores (RI), explica o primeiro lugar da companhia (junto com a CPFL) no ranking de governança de 2008.

A Localiza já adotava práticas diferenciadas, que lhe proporcionaram o 10º lugar no ranking do ano passado. Daquela vez, ela foi uma das 18 empresas (entre 84 analisadas) a divulgar dados sobre a remuneração de seus executivos com a separação de informações relativas à diretoria e ao conselho de administração, o percentual das parcelas fixa e variável nessa remuneração, e os instrumentos que compõem a remuneração variável. Também foi uma das poucas a facilitar, no estatuto social, a participação dos acionistas em assembléia, com a dispensa do envio prévio de documentação.

Do ano passado para cá, a companhia mineira passou a distribuir um manual de assembléia detalhado, com procuração de voto eletrônica, o que a incluiu em um time ainda mais seleto — apenas seis companhias da amostra analisada para o ranking adotam o manual. “Nos adequamos a uma necessidade, dado que a empresa detém um free float alto, de aproximadamente 80%”, explica Guerra, referindo-se à importância de reunir quórum nas assembléias.

A empresa só deixou de pontuar em dois itens: não apresenta uma política formal e detalhada sobre relações com partes relacionadas e permite que uma mesma pessoa ocupe os cargos de CEO e presidente do conselho de administração.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Novo Mercado Remuneração de executivos Assembléias Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Energias do Brasil diferencia-se com política para partes relacionadas
Próxima matéria
Positivo vai além da cartilha e amplia responsabilidades dos executivos



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Energias do Brasil diferencia-se com política para partes relacionadas
“Fico feliz por um lado”, diz Antônio Pita de Abreu, presidente da Energias do Brasil, ao saber que a companhia continua...