Conversa com o oráculo

Buffett é desafiado a falar da crise dos jornais, do uso crescente de derivativos (que ele sempre chamou de armas de destruição em massa) e do súbito gosto por novas tecnologias

Especial / Gestão de Recursos / Edições / Temas / Berkshire Hathaway 2009 / Reportagem / 1 de junho de 2009
Por  e

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  Investimentos Gestão de Recursos Assembléias

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Sinal de mudança
Próxima matéria
O interesse é mútuo




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Sinal de mudança
Antes de começar a escrever este editorial, costumo fazer uma análise crítica do conjunto da obra. Da reunião de pauta...