Estranho no ninho

Quando um jornalista de 50 anos vai trabalhar para uma startup o resultado não poderia ser mais tragicômico

Bimestral / Prateleira / Edição 152 / 30 de outubro de 2016
Por 
Hilária e assustadora. Essas duas palavras bastariam para descrever a passagem de Dan Lyons pela HubSpot, uma startup da área de marketing digital sediada em Boston. No melhor estilo do consagrado gênero literário “empregado vingativo conta tudo”, o autor — jornalista, escritor e,...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  prateleira startup Estranho no ninho Dan Lyons marketing digital Disrupted: My Misadventures in the Start-Up Bubble Newsweek

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Privatizar, sim. Mas por quê?
Próxima matéria
Herança no sangue




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Privatizar, sim. Mas por quê?
O Estado brasileiro é inchado? Temos órgãos, entidades e veículos de governo em demasia? Há controvérsias. Aparentemente,...