Isenção de IR amplia liquidez das cotas de FIIs

Edição 33 / 1 de maio de 2006
Por 


ed33_p006-007_pag_2_img_001 (1)Aprovada em outubro do ano passado, a Medida Provisória 255 (conhecida como “MP do Bem”) concedeu isenção de imposto de renda para pessoas físicas que aplicam em fundos de investimento imobiliários (FIIs), entre outros produtos financeiros. Desde então, a procura pelas cotas desses fundos não pára de crescer. O número de negócios realizados em março deste ano no Soma e na Bovespa foi 56% maior que no mês de edição da MP (veja o gráfico) — tendência que deve prosseguir com as reduções na taxa de juros, que tornam a rentabilidade desse tipo de papel ainda mais atrativa.

O incremento nos negócios trazido pelo benefício fiscal amenizou um dos principais problemas apontados pelos investidores: a baixa liquidez dos títulos no mercado secundário. Com o aquecimento das negociações, foram retomados também alguns projetos de lançamento de FIIs que estavam engavetados desde o lançamento, em meados de 2004, do FII Torre Almirante, da Caixa Econômica Federal. Vitor Bidetti, diretor da Brazilian Mortgages, revela que quatro novos produtos estão no forno: um deles em estágio bastante adiantado, com lançamento previsto ainda para o primeiro semestre, e os outros três para este ano.

Como a nova lei condiciona a isenção aos ganhos de capital obtidos com cotas negociadas exclusivamente em bolsa de valores ou no mercado de balcão organizado, fundos já existentes fizeram o registro no Soma, no final do ano passado, para reforçar sua atratividade. É o caso dos FIIs Edifício Ourinvest e Fashion Mall. Segundo Bidetti, os fundos imobiliários têm sido utilizados como instrumento de diversificação de carteiras e contam com um forte atrativo, a remuneração mensal. Por essa razão, muitos profissionais liberais vêem no título um importante complemento de renda.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Mark Mobius - Disciplina é fundamental
Próxima matéria
Depois do IPO, hora de lançar debêntures



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Mark Mobius - Disciplina é fundamental
  Por vários anos consecutivos, ele foi eleito o gestor número um de fundos de mercados emergentes. Alcunhas como...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}