Novos setores ganham analistas especializados

Edição 24 / 1 de agosto de 2005
Por 


A entrada de empresas de novos setores na bolsa incentivou o Banco Itaú a criar uma área de análise específica para elas. A safra de ofertas de ações, iniciada no ano passado, trouxe companhias de ramos não representados no pregão como os de laboratório de análises clínicas e cosméticos.

No início, por serem únicas em seus segmentos, essas companhias eram adicionadas aos grupos já acompanhados. Mas, recentemente, com o crescimento das ofertas, o Itaú resolveu criar uma área dentro do departamento de análise voltada a estudar apenas os casos especiais.

“A vantagem é que estas companhias deixam de ser somente realocadas e ganham espaço preponderante no grupo em que estão inseridas”, observa Thomas Awad, analista da área de situações especiais do Itaú. Ao se debruçar sobre setores ainda inexplorados, o analista procurou identificar semelhanças com os elementos de análise de segmentos mais tradicionais. Empresas de transporte aéreo, ferroviário e rodoviário, por exemplo, têm aspectos similares aos de companhias de infra-estrutura. Na falta de paralelos com outras áreas, Awad recorre apenas ao estudo dos pares de outros países. Por enquanto, a área de situações especiais tem em seu portfólio a Gol, a Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR), a TAM, a América Logística (ALL) e a Diagnósticos da América (Dasa).


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Especialistas defendem padronização do Ebitda
Próxima matéria
Comitê lança recomendações de conduta para teleconferências




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Especialistas defendem padronização do Ebitda
Desde que os analistas de balanços passaram a desprezar os eventos puramente contábeis para se concentrar naqueles que influenciam...