Mercado de capitais na pauta do “conselhão”

Edição 16 / 1 de dezembro de 2004
Por 


O sócio da consultoria Trevisan e presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), Antoninho Marmo Trevisan, vai incluir o mercado de capitais na próxima pauta do “conselhão”, focada em desenvolvimento. Entre as propostas apresentadas estão mudanças na regulamentação do sistema de previdência complementar, nos fundos de poupança compulsória, nas políticas tributária e de juros e nos mecanismos de proteção ao investidor.

No documento que levará ao “conselhão”, Trevisan ressalta a importância de serem criados incentivos para uma liberdade maior de alocação de recursos no mercado de capitais por parte dos fundos de pensão e de fundos constituídos por contribuições obrigatórias geridos pelo Estado. O plano reforça também a importância da proteção ao investidor e da colaboração do Poder Executivo, dos agentes do mercado, do Poder Judiciário e do Poder Legislativo neste processo. “É essencial que as práticas especulativas e predatórias sejam desincentivadas”, diz a proposta.



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
SEC exige governança dos reguladores
Próxima matéria
Apimec propõe revisão do CNPI




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
SEC exige governança dos reguladores
A Securities and Exchange Commission (SEC) apresentou em novembro regras para aprimorar a governança e a transparência...