Como reportar ações sociais

para investidores

Patrocínio

cdp

Encontro

Como reportar ações sociais para investidores

Especialistas discutem formas de aprimorar a comunicação do “S” quando o tema é ESG

o que esperar

O crescimento dos fundos de investimento com foco em sustentabilidade torna imprescindível que as companhias aprimorem o reporte de suas práticas ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês). Afinal, é a partir dessas informações que os analistas de investimento poderão fazer suas primeiras análises sobre a importância que as companhias dão a esses aspectos. Um dos mais difíceis de avaliar — pela pouca prioridade conferida ao assunto até então — é o aspecto social. Qual a profundidade das informações que os investidores esperam encontrar sobre o assunto? O conteúdo reportado pelas companhias hoje é suficiente para que tomem suas decisões? Como as empresas podem melhorar a comunicação de seu impacto social? Quais dados e métricas devem ser avaliados quando se analisa a responsabilidade social de uma organização?

Para debater essas e outras questões, a Capital Aberto convidou Tereza Kaneta, sócia da Brunswick, Laura Vélez, analista ESG da Fama Investimentos e Ana Lucia Melo, diretora-adjunta do Instituo Ethos para mais um encontro do Canal Comunicação Corporativa, na Conexão Capital.

O debate aconteceu no dia 27 de novembro de 2020.

Convidados


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar! Já tenho cadastro!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >