Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Executivos do mercado de capitais reforçam otimismo, apesar dos desafios no curto prazo
Juros altos e a ausência de IPO na B3 são pontos negativos no quadro atual, enquanto o mercado de dívida corporativa é o grande destaque.
Da esquerda para a direita, Renata Battiferro, presidente do Conselho de Administração do IBRI, João Pedro Nascimento, presidente da CVM, e Gilson Finkelsztain, CEO da B3, no 25° encontro internacional de RI & Mercado de Capitais
Da esquerda para a direita, Renata Battiferro, presidente do Conselho de Administração do IBRI, João Pedro Nascimento, presidente da CVM, e Gilson Finkelsztain, CEO da B3, no 25° encontro internacional de RI & Mercado de Capitais

As dificuldades do mercado de ações, que caminha para o terceiro ano sem uma abertura de capital (IPO), e os avanços regulatórios estruturantes, em particular na emissão de títulos privados, deram o tom do 25º Encontro Internacional de Relações com Investidores e Mercados de Capitais. Na abertura do evento, os executivos procuraram demonstrar um grau de otimismo com o desenvolvimento do ambiente de negócios, apesar do ambiente global de juros altos e desafios concorrenciais com outros mercados.

“A realidade é que nós temos vivido nos últimos anos, sem nenhum eufemismo, um momento difícil. Inclusive com fraudes que deixaram marcas como uma enorme desconfiança, chegou a fechar a nossa captação durante alguns meses, que só voltaram neste ano. Grandes empresas sendo tratadas como distressed asset”, comentou Pablo Césario, presidente executivo da Abrasca, em referência à fraude nas Americanas. O executivo também mencionou as dificuldades no mercado de ações. “Faz três anos que nós não temos um IPO, temos vários fechamentos de capital e empresas brasileiras abrindo capital no exterior. Com juros reais na casa de 6,5% ou 7%, a maior parte das nossas companhias não resistirá por muito tempo.”

Saiba mais: Crédito privado é a bola da vez das gestoras

O momento “complexo de incertezas globais, geopolíticas, monetárias” também foi reconhecido por Gilson Finkelstein, CEO da B3. “É um ambiente que traz desafios econômicos globais robustos, com altas taxas de juros que afetam o mundo todo, além dos desafios internos, como sustentabilidade fiscal. Ainda assim, com todos esses desafios, a gente tem um mercado de capitais que não está parado. É bem verdade que a gente não vê IPO há três anos, mas estamos tentando trazer soluções para estimular essa recuperação”, pondera o executivo. “Mesmo no mercado de Equities a gente tem boas novas, um dos mercados com maior liquidez do mundo, dentro do mundo emergente, com volume secundário acima de R$ 25 bilhões todos os dias no mercado de ações.” O follow-on da Sabesp e o crescimento do volume no mercado de opções, assim como a expetativa pelo Open Capital Markets, também foram mencionados por Finkelstein.

A portabilidade no mercado de capitais, a partir do segundo semestre, foi destaque na participação de João Pedro do Nascimento, presidente da Comissão de Valores Imobiliários (CVM). “A gente vem adotando uma temática modernizante e tem trabalhado para criar o que a gente chama de Open Capital Markets e que a gente vai conectar ele com o Open Finance, do Banco Central”, explica Nascimento. “A primeira delas, que vem ainda no segundo semestre, é a temática da portabilidade, é a transferência da custódia dos investimentos e, junto dessa temática, a discussão para a gente simplificar o compartilhamento das informações cadastrais, mirando no objetivo de médio e longo prazo a existência de um cadastro centralizado.”


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.