Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Em jogo de ganha-ganha, Magalu e AliExpress firmam parceria para ampliar categorias; ações disparam
Nesta segunda-feira, os papéis da varejista brasileira subiram mais de 12%, com analistas e investidores digerindo o acordo
Magalu, Em jogo de ganha-ganha, Magalu e AliExpress firmam parceria para ampliar categorias; ações disparam, Capital Aberto

O varejo brasileiro, que enfrenta sérias dificuldades nos últimos anos, teve uma notícia para lá de importante nesta segunda-feira (24). A Magazine Luiza, maior varejista brasileira de bens duráveis, anunciou um acordo com a AliExpress, no qual ambas as empresas vão vender produtos em suas plataformas de marketplaces.

A iniciativa fez os papéis ordinários da companhia brasileira subiram mais de 12% na B3, a R$ 12,16. Na visão de analistas consultados pela Capital Aberto, a iniciativa é positiva para a Magalu, já que vai permitir um maior alcance da empresa em categorias cross-border de cauda longa, possibilitando um novo canal de venda.


Saiba o que é goodwill e como tirar vantagens fiscais em operações de fusão e aquisição no curso Ágio em M&A


Em troca, o AliExpress comercializará os seus produtos da linha “choice” – serviço de compras premium -, totalmente complementar às categorias oferecidas hoje pela Magalu. “Fizemos uma rápida verificação de preços em uma amostra limitada de SKUs e chegamos à conclusão de que as ofertas de cauda longa do AliExpress são de fato mais atraentes do que as da MGLU, com preços médios 10% mais baixos, já levando em conta os custos de frete e o imposto de importação”, afirmam Danniela Eiger, Gustavo Senday e Laryssa Sumer, analistas da XP.

Embora reconheçam à iniciativa como positiva, os analistas da corretora destacam no relatório que o anúncio sinaliza que o cenário competitivo e as perspectivas de crescimento dos marketplaces estrangeiros estão mais desafiadores no país, com a consolidação sendo um movimento para lidar com o imposto de importação recentemente aprovado no Congresso e a chegada da Temu, plataforma chinesa de varejo.

Leia mais: Casas Bahia ainda tem muito a fazer para convencer analistas e investidores

Para a Genial Investimentos, que atualizou o preço-alvo em 12 meses para R$ 19,50, mas manteve a recomendação de compra, o acordo entre as duas nada mais é do que um ganha-ganha, já que o dropshipping deve retroalimentar a cadeia de produto e fluxo de venda.

“Magalu será remunerada por um percentual do produto vendido, chamado de take-rate. Entendemos que neste ponto, o AliExpress arcará com toda a operação logística. Dessa forma, a Magazine Luiza não dispenderá de custo logístico, o que traz um unit economic positivo para a varejista nacional, uma vez que toda receita comissionada é convertida em lucro operacional”, explicam Iago Souza e Nina Mirazon, analistas da Genial, em relatório.

Além de todo o aparato operacional, a união entre as gigantes podem sacudir o varejo brasileiro de forma geral, uma vez que a parceria tem potencial de elevar a competitividade do canal de marketplace das companhias. De acordo com os analistas da Genial, a parceria pode vir a ser uma futura dor de cabeça para a líder do online brasileiro, o Mercado Livre.

A transação

Em comunicado ao mercado, a Magalu explicou que serão disponibilizados produtos das mais diversas categorias pela AliExpress, ampliando significativamente o sortimento de produtos oferecidos, acelerando a estratégia de diversificação de categorias e de aumento da frequência de compra.

Do ponto de vista operacional, os pedidos realizados no site da varejista brasileira serão importados por meio do programa Remessa Conforme, estando sujeitos à taxa de imposto de importação de 20%.


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 9,90/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.