Ney Carvalho

Prenúncios de uma bolha

Há 43 anos, duas notícias de jornal apontavam os primeiros sintomas da bolha especulativa nas bolsas brasileiras


Vitória contra o atraso

Lei 3.150, sancionada por Dom Pedro II em 1882, impulsionou a criação de sociedades anônimas


O colapso de 1929

A multidão concentrada em Wall Street restou inerte, assistindo à extinção do sonho de constante prosperidade


E a Bolsa parou

O fim da CPMF foi o mote de uma greve-relâmpago na Bovespa, que incendiou a política nacional e culminou
na extinção do imposto


Para desenvolver o Brasil

Em pleno século 19, duas aberturas de capital ocorreram no mesmo mês na Bolsa do Rio. Ambas as empresas eram de infraestrutura: uma rodoviária e outra fluvial


A queda de um presidente

Em 1972, uma ação ilegal da Fazenda derrubou Marcello Leite Barbosa, dirigente da Bolsa do Rio e da maior corretora do Brasil


Assalto rocambolesco


A febre dos bondes

Na década de 1870, a Bolsa do Rio propiciou a capitalização inicial do transporte público nas cidades brasileiras e em várias e importantes capitais estrangeiras


Um grande equívoco

Cota para mulheres em conselho desconsidera a inclinação espontânea da sociedade


{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}