Alexei Bonamin

Os pontos de atenção do novo acordo de supervisão da CVM

Regulamentação, pela Instrução 607, é bem-vinda — mas sua utilização exige análise prévia criteriosa


{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}